YouTuber “Malandro USA” não paga fiança e tem julgamento marcado

Na manhã de terça-feira (12), Danilo Portugal Ramscheid, de 30 anos, natural do Rio de Janeiro, compareceu à audiência realizada na Corte Superior do Condado de Middlesex, Massachusetts. Trajando um suéter cinza claro, calças pretas e óculos escuros, o réu balançava de um lado para o outro na cadeira, enquanto os advogados apresentavam o caso ao juiz.

A advogada do brasileiro, Cheryl C. McGillivray, pediu ao juiz para que fosse marcada uma nova data da audiência que determinaria o valor da fiança de Ramscheid. Ela alegou que, devido a problemas no sistema de computadores, não pôde acessar informações referentes ao caso do cliente. McGillivray, defensora pública do Comitê do Conselho de Serviços Públicos, também busca obter mais materiais.

“Nós ainda não buscamos mais daquilo que foi descoberto neste caso”, disse Cheryl ao juiz.

O material descoberto inclui minutas dos jurados, informações de testemunhas, fotografias e vídeos, detalhou McGillivray.

A advogada adiantou que tende a apresentar mais descobertas na próxima audiência. A audiência para determinar o valor da fiança foi remarcada para 10 de abril. A audiência preliminar está agendada para 11 de julho e o julgamento em 23 de julho. Atualmente, Danilo detido na Penitenciária & Centro de Correções de Middlesex, detalhou McGillivray.

Inicialmente, a Corte Distrital de Woburn determinou a fiança em US$ 10 mil, a qual foi aumentada para US$ 1 milhão pela Corte Superior do Condado de Middlesex. Danilo teria que pagar 10% desse valor, ou seja, US$ 100 mil para ser liberado. Caso a fiança seja paga, ele seria transferido para a custódia do Departamento de Imigração (ICE), explicou a advogada.

O brasileiro foi preso em 4 de fevereiro por agentes do Departamento de Polícia de Winchester. Ele foi acusado de “posar e exibir uma criança em ato sexual, fotografar uma pessoa nua sem o conhecimento dela e posse de pornografia infantil”. Segundo arquivos no tribunal, a polícia de Winchester encontrou gravações do ato sexual envolvendo Ramscheid e uma adolescente de 17 anos que compareceu à festa na casa dele em meados de janeiro. Ainda segundo o relatório, a jovem disse à polícia que foi sexualmente atacada e que não consentiu em ser filmada.

Em março, foi iniciada no website GoFundMe.com a campanha em português “Ajude Danilo Malandragem”, em alusão ao nome usado por ele no YouTube. A campanha tinha o objetivo de angariar R$ 50 mil (US$ 13.112), que supostamente seriam utilizados para pagar a fiança do réu, conforme a descrição da campanha. Poucas horas depois de a campanha ser postada online, inúmeras pessoas alertaram os administradores do GoFundMe.com e a página foi tirada do ar.

Depois de ser autuado, Danilo foi detido pelo ICE por estar em situação migratória irregular nos EUA. Após a conclusão do julgamento criminal, Ramscheid será deportado, adiantou o porta-voz do ICE.

Desde a prisão do brasileiro, o dono do imóvel em que ele morava voltou ao local, na High Street, e o encontrou praticamente vazio, segundo o Departamento de Polícia de Winchester.

Fonte: Brazilian Voice

Comentários Facebook