Pesquisa: Maioria dos eleitores é contra “estado de emergência” de Trump

Foto1 Donald Trump Pesquisa: Maioria dos eleitores é contra “estado de emergência” de Trump
O estudo foi realizado entre 15 e 19 de fevereiro, após Trump ter anunciado na sexta-feira (15) que utilizaria a declaração de emergência nacional

Menos de 4 entre 10 eleitores entrevistados, 39%, apoiam a decisão de Trump e pouco menos de 51% se opõem

A maioria dos eleitores se opõe a decisão do Presidente Donald Trump de declarar estado de emergência nacional na fronteira entre os EUA e México com o propósito de conseguir dinheiro para a construção de um muro na região. O Congresso se recusa a liberar verba para que a promessa de campanha de Trump seja cumprida. Os dados foram revelados por uma pesquisa der opinião realizada pelo Político/Morning Consult.

Menos de 4 entre 10 eleitores entrevistados, 39%, apoiam a decisão de Trump, demonstrou o estudo, e menos de 51% se opõem. De fato, a porcentagem dos entrevistados que são “fortemente contra”, 41%, é mais alta que a soma daqueles que “apoiam fortemente”, 26%, com aqueles que “apoiam um pouco”, 13%, a declaração de emergência nacional.

A maioria dos republicanos apoia a decisão de Trump, ou seja, 77% a favor e 18% contra. Entretanto, a maioria dos democratas, 81%, e independentes, 52%, são contra o fato de o Presidente ter declarado emergência nacional. Tyler Sinclair, vice-presidente da Morning Consult, disse que a pesquisa revela que os eleitores republicanos estão firmes “no apoio ao Presidente” no que diz respeito ao assunto.

“Mais de 3 quartos dos republicanos apoiam a decisão do Presidente Trump de declarar emergência nacional na fronteira dos EUA com o México e 75% alegam que não se trata de abuso de poder”, disse Tyler.

O estudo foi realizado entre 15 e 19 de fevereiro, após Trump ter anunciado na sexta-feira (15) que utilizaria a declaração de emergência nacional e outros decretos de lei para construir um muro ao longo de toda a fronteira sul dos EUA. Ironicamente, na mesma semana, ele assinou o orçamento governamental que não contém verba para a promessa dele de campanha. A administração atual pede mais de US$ 5 bilhões de verba para a construção do muro  na fronteira.

Apesar da oposição com relação à declaração de emergência, os eleitores continuam divididos sobre o muro: 45% apoiam e 47% se opõem, entretanto, 50% consideram a declaração de emergência de Trump “abuso de poder”, revelou a pesquisa, com somente 37% a favor.

A pesquisa feita pelo Político/Morning Consult é a 2º nacional a ser divulgada desde que Trump anunciou a decisão dele de declarar emergência nacional visando a construção do muro. A outra, consuzida pelo Marista College para os canais de TV NPR e PBS Newshour revelou resultados similares sobre o mesmo tema: 37% entre os eleitores registrados, embora 60% desaprovem a decisão do Presidente e 58% consideram que ele esteja “utilizando de forma indevida o poder presidencial dele”, conforme o estudo.

No geral, o nível de aprovação do trabalho de Trump na pesquisa Político/Morning Consult caiu 3 pontos percentuais com relação à semana passada. Atualmente, 42% dos eleitores aprovam o trabalho que o Presidente está fazendo contra 53% que desaprovam. Foram entrevistados 1.914 eleitores registrados e a margem de erro é de 2%.

Fonte: Brazilian Voice

Comentários Facebook

Marcações: