Flórida deve contratar 3 mil pessoas para trabalhar no rastreamento de infectados pela Covid-19

O Departamento de Saúde da Flórida está em busca de pessoas para trabalhar no rastreamento e na identificação de indivíduos que tiveram contato com contaminados pela Covid-19. Esses profissionais, conhecidos como “contact tracers” têm sido considerados por especialistas como “essenciais para combater a pandemia de coronavírus”.

O contato com o possível infectado é feito por telefone e tem o objetivo de encorajar a pessoa a realizar testes e cumprir medidas de isolamento social até que um diagnóstico médico confirme se tem, ou não, a Covid-19.

O governador Ron DeSantis disse na semana passada que irá solicitar a contratação de pelo menos 250 novos contact tracers (rastreadores de contato) apenas para atuarem na região de Miami. O município Fort Lauderdale também já abriu vagas.

Dado o crescimento no número de infectados pelo coronavírus no Estado, o número de contratados pode chegar a 3.2 mil.

Algumas faculdades oferecem aulas on-line gratuitas para aprender como fazer o rastreamento de contatos. Os cursos exigem que os alunos sejam aprovados nos testes para obterem certificados.

A remuneração de um contact tracer é em torno de 25 dólares por hora, com carga horária de 30 horas semanais.

Os interessados podem consultar as vagas abertas pelos sites: Jobs.MyFlorida.com, Maximus.com ou FavoriteStaffing.com.

Fonte: AcheiUSA

Comentários Facebook