Prefeitura de Miami quer regular distribuição de comida gratuita para sem-teto

Fonte: Miami New Times

A prefeitura de Miami quer regular a distribuição de comida gratuita para a população sem-teto. A regulamentação vai exigir cadastro dos voluntários e até multa para quem desobedecer as regras. 

Uma pequena comunidade sem teto morando na I-95 em Overtown chamou a atenção e começou a receber ajuda de cinco homens que forneceram comida e água e isso atraiu mais pessoas. Enquanto água e uma refeição – macarrão com carne – era distribuída, não muito longe dali outro caminhão também ajudava os mais necessitados.

Mas, caso envolva mais de 25 pessoas, tudo isso pode, em breve, necessitar de autorização da prefeitura. As novas exigências não param por aí: os voluntários também deverão se cadastrar com as autoridades competentes e organizadores só serão permitidos alimentar os sem teto uma vez por semana em áreas pré-determinadas. Quem infringir a regra vai precisar pagar até $500 de multa.

A Prefeitura argumenta que esse tipo de controle permitirá saber onde serão os pontos de distribuição. Além disso, a prefeitura planeja colocar lixo, e abrigo, proporcionando mais higiene e segurança para todos.

Quem não está gostando muito disso é quem ajuda a população mais vulnerável. “Eu desafio qualquer um dessa cidade a vir aqui morar 30 dias e só comer uma vez na semana”, diz Suleiman Yousef, um dos voluntários do caminhão descrito no início da reportagem.

Ao pressionar os voluntários, os políticos estão prejudicando os sem teto, ninguém aqui recebe nada do governo, então os governantes poderiam se meter onde a ajuda deles é requisitada, afirma Yousef ao New Miami Times.

O chefe de cozinha que trabalha na empresa que fornece os alimentos para Yousef, Andres “Billie” Garcia concorda. “Eles estão querendo regular para você, na prática, não poder ajudar as pessoas”, diz Billie.

A prefeitura enviou um e-mail tentando esclarecer:

“Será responsabilidade de cada indivíduo ou organização permitir ou proibir que o local está em boas condições”, escreveu Milton Vickers, o diretor de Serviços Humanos da Cidade. Vickers disse que essa atitude vai permitir que os funcionários da prefeitura prestem um melhor serviço aos clientes. “Uma equipe vai assegurar que todo o lixo será recolhido depois que ninguém estiver mais no local”, informa.

A decisão da Prefeitura conseguiu desagradar a todos. Narciso Muñoz, co-fundador da ONG Hermanos de la Calle Foundation, diz que coordenar com a prefeitura dificultaria muito os processos. “Se você apenas alimenta os mais necessitados você vai fazer dos sem-teto um problema crônico. Nossa missão é tirar a pessoa dessa situação e uma forma de aproximação é oferecer alimento”, diz Muñoz. Com informações do Miami New times.

Related Images:

[See image gallery at gazetanews.com]

O post Prefeitura de Miami quer regular distribuição de comida gratuita para sem-teto apareceu primeiro em Gazeta News: O maior Jornal Brasileiro da Florida, nos EUA.

Fonte: Gazeta News

Comentários Facebook