Miami Nice – Onde é melhor

Comer

As duas grandes novidades de Miami Beach são de cozinha chinesa. O Hakkasan (4441 Collins Avenue, 877/326-7412, www.fontainebleau.com; Cc: todos), atração do Hotel Fontainebleau, é sucursal do chinês estrelado pelo Guia Michelin em Londres, que tem desde sopas de US$ 10 a noodles de US$ 62. Faz companhia ao Mr. Chow (2201 Collins Avenue, 695-1698, www.mrchow.com; Cc: todos), aberto em agosto, feature do W e quinta unidade da famosa rede anglo-americana. Os camarões verdes, o macarrão fininho e o pato laqueado são marcas registradas. Dos mais aclamados restaurantes da cidade, o Nobu (1901 Collins Avenue, 695-3232, www.noburestaurants.com; Cc: A, M, V) tem caro tartar de toro, mas você pode comer um tempura de US$ 10 para dizer que foi. O Nemo (100 Collins Avenue, 532-4550, www.nemorestaurant.com; Cc: A, M, V) é avis rara em South Beach, com influências orientais e cozinha que se leva a sério. Não é o caso absolutamente da Taverna Opa (36 Ocean Drive, 673-6730; Cc: A, M, V), que serve porções fartíssimas de moussaka, perna de carneiro e música alta em seus dois enormes salões. Um cubano em plena Little Havana? Vá ao Versailles (3555 SW 8th Street, 444-0240; Cc: D, M, V), que tem a ótima ropa vieja (ensopado de carne) e sopa de feijão com banana. O também cubano Enriqueta’s (186 NE 29th Street, 573-4681; Cc: todos) assusta com sua aparência de lanchonete perdida no fim do mundo, mas tem boa comida a preços baixos. Serviu de inspiração ao restaurante da Consuelo da novela América. No pequeno italiano Romeo’s Café (2257 Coral Way, 859-2228, www.romeoscafe.com; Cc: todos), o próprio chef, um salvadorenho, vai à mesa e “escolhe” o prato para o cliente. De volta a South Beach, o Santo (420 Lincoln Road, 532-2882, www.santomiamibeach.com; Cc: todos) tem carne argentina e dubla de (agitada) balada depois das 11 da noite. O Casa Tua (1700 James Avenue, 673-1010, www.casatualifestyle.com; Cd: todos) é matador para o jantar, mesmo nem sempre valendo quanto cobra. Se não conseguir reservar para o jardim, fique no mesão coletivo, na frente da cozinha. O Prime 112 (112 Ocean Drive, 532-8112, www.prime112.com; Cc: todos) é uma steak house clássica de South Beach, com valor agregado a seus medalhões, camarões e lagostas.

Agitar

O Boteco (916 NE 79th Street, 757-7735, www.botecomiami.com; Cd: todos) reverencia o Brasil, onde o dono italiano morou. Tem escondinho, cuscuz, bolinho de bacalhau e bufê de feijoada aos sábados. O MIA (Biscayne Boulevard, 642-0032, www.miaatbiscayne.com; Cc: todos), no coração de Downtown, é uma disco que abre para almoço e jantar. O bar Mango’s (900 Ocean Drive, 673-4422, www.mangostropicalcafe.com; Cc: todos) é patrimônio de South Beach, com suas mulheres em colãs, shows de salsa e dublagem de Michael Jackson. A Mansion (1235 Washington Avenue, 531-5535, www.theopiumgroup.com; Cc: A, M, V) tem house e anos 1980 às quartas e hip hop com strip-tease aos domingos.  A Space (34 NE 11th, 375-0001), em Downtown, é, aos dez anos de vida, o mais badalado clube, ou melhor, superclube de Miami. DJs de ponta, como Paul van Dyk, tocam lá.

Passear

O Viscaya Museum & Gardens (3251 S Miami Avenue, 250-9133, www.viscayamuseum.org; US$ 15) é um inusitado refúgio renascentista em Coconut Grove. O palacete, erguido em 1916 pelo magnata dos implementos agrícolas James Deering, que usou 10% da mão de obra disponível na cidade na época, tem aposentos e aposentos mantidos com os móveis originais. Os jardins, à Versalhes, são labirínticos e acabam à beira do Atlântico. Programão família. A Casa Elian (2319 NW 2nd Street), onde vive sozinho Delfin Gonzáles, tio-avô do menino Elian Gonzáles, é um memorial ao grande símbolo da última contenda cubano-americana. Elian é lembrado nas fotos, na coleção de brinquedos e, claro, na conversa exaltada do simpático Delfin. Para ver a cidade de barco, vá ao Bayside Marketplace (401 Biscayne Boulevard, 577-3344), onde há empresas que fazem boat tours com saídas de cerca de 90 minutos a US$ 25, em média.

O código telefônico de Miami é 1-305

Leia mais:

Miami Nice – Hotéis em Miami e Miami Beach

Continua após a publicidade

Miami Nice – O essencial

Miami Nice – Seis dias de compras

Miami Nice

Janeiro de 2010 – Edição 171

Continua após a publicidade

Fonte: Viagem e Turismo

Comentários Facebook