Disney de Paris reabre após 8 meses fechada por conta da pandemia

VÍDEO: Disney de Paris reabre após 8 meses fechada por conta da pandemia
VÍDEO: Disney de Paris reabre após 8 meses fechada por conta da pandemia

VÍDEO: Disney de Paris reabre após 8 meses fechada por conta da pandemia

Depois de oito meses com suas portas fechadas por conta da pandemia, a Disneylândia de Paris, na França, reabriu para o público nesta quinta-feira (17).

A atração, um dos principais destinos turísticos da Europa, volta a funcionar, mas mantém “medidas sanitárias reforçadas”, incluindo o uso obrigatório de máscara a partir dos 6 anos de idade.

Mas quem estiver esperando para dar um abraço no Mickey vai precisar esperar ainda um pouco mais – isso porque não é permitido, por enquanto, chegar muito perto dos personagens.

Turistas voltam a Disney de Paris depois de 8 meses fechada pela pandemia, foto de 17 de junho de 2021 — Foto: Gonzalo Fuentes/Reuters

Às 8h50, os primeiros visitantes, adultos e crianças, muitos deles fantasiados, foram recebidos por uma guarda de honra com funcionários e personagens emblemáticos do universo de Walt Disney.

“Estou emocionada, quero chorar, mas estou me controlando”, desabafa uma das primeiras a cruzar os portões, a francesa Clara Mazzoni.

A jovem se vestia em homenagem à personagem Marie, do filme “Os Aristogatas”, toda de branco, com broches e uma tiara com orelhas pontudas.

“Corremos assim que reabriram as bilheterias”, contou à agência France Presse um rapaz vestido de Minnie Princesa da cabeça aos pés. “Reservei várias datas no mês de julho”.

Visitante aparece fantasiado de princesa na reabertura da Disney de Paris em 17 de junho de 2021 — Foto: Gonzalo Fuentes/Reuters

Teve quem acordou cedo

Apesar das restrições sanitárias tornarem viagens internacionais um desafio, alguns visitantes de países europeus resolveram enfrentar o sono para aproveitar a reabertura.

Uma turista da Bélgica contou à rádio francesa RFI que saiu de casa às 4h da madrugada para ser uma das primeiras a entrar no parque.

Visitantes VIP já haviam experimentado um gostinho da reabertura, isso porque o parque esteve aberto entre 15 e 16 de junho para um número bastante limitado de turistas.

“Mal podia esperar”, disse Maxime, de 9 anos. Ela contou à France Presse que estava sem dormir há dias, ansiosa pelo passeio.

1º dia da reabertura da Disney de Paris após 8 meses fechada pela pandemia em 17 de junho de 2021 — Foto: Gonzalo Fuentes/Reuters

Capacidade reduzida

Fechada desde 30 de outubro de 2020, a Disneylândia de Paris reabriu ao público com sua capacidade reduzida.

“Podemos acomodar 28 mil pessoas, o que limita as entradas”, disse Djamila Ouaz, representante dos funcionários.

O parque que fica nas aforas da cidade-luz tem capacidade para receber até 50 mil visitantes por dia, quase o dobro da lotação atual.

Os administradores do parque temático disseram em nota que todas as atrações e lojas ficarão abertas, mas que máscaras são obrigatórias durante todo o passeio.

“Impusemos medidas sanitárias reforçadas em todo nosso ‘resort’, nas nossas atrações, lojas, hotéis e restaurantes”, afirmou presidente do parque, Natacha Rafalski.

Medidas sanitárias rígidas

Além do uso de obrigatório máscara, o parque impôs uma série de medidas para conter a dispersão da Covid-19:

  • adesivos indicando distanciamento obrigatório em filas
  • painéis de acrílico para evitar contato entre pessoas em algumas atrações
  • 2 mil pontos de higienização com dispenser de álcool em gel.

Dos sete hotéis do resort, apenas o Newport Bay Club está aberto. A inauguração do novo Hotel New York, com 561 quartos dedicados ao universo Marvel, será em 21 de junho.

Depois de um primeiro fechamento entre 13 de março e 15 de julho de 2020, o parque voltou a fechar as portas mais duas vezes.

Disney de Paris em 17 de junho de 2021, após 8 meses fechada pela pandemia — Foto: Gonzalo Fuentes/Reuters

Demissões

No início de 2021, os sindicatos e a direção firmaram um acordo coletivo de rescisão contratual (RCC), que previa até 1.060 demissões.

Segundo Djamila Ouaz, representante do setor, cerca de 1.100 pessoas foram mandadas embora, levando o atual número de funcionários para “14.700, sem contratos temporários”.

De acordo com o sindicato dos trabalhadores de serviços na França, o parque recebeu 3,5 milhões de visitantes em 2020.

A Disneylândia de Paris não divulga o número de visitantes anuais desde 2015, quando atingiu 14,8 milhões.

Fonte: G1

Comentários Facebook