INDI se associa à Câmara de Comércio Brasil-EUA da Flórida para buscar mais negócios para Minas Gerais

Adesão marca início de missão internacional do Governo de Minas aos EUA para atrair investimentos internacionais para o Estado

A Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (INDI) é o mais novo membro da Câmara Brasil-EUA de Comércio da Flórida (BACCF). A assinatura da adesão ocorreu nesta sexta-feira (1º/10), na sede da organização, em Miami (EUA). Esse foi um dos compromissos de missão de dez dias do INDI em solo americano com o objetivo de construir parcerias para atrair investimentos para Minas Gerais e criar oportunidades para empresas mineiras. O INDI foi representado pelo diretor-presidente, João Paulo Braga, e pelo gerente de Comunicação Social e Institucional, Carlos Romualdo. Eles estavam acompanhados pelo secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, e pelo presidente da Codemge, Thiago Toscano.

Para o diretor-presidente do INDI, João Paulo Braga, a entrada do INDI na organização aproxima Minas Gerais do mercado americano. “Queremos que o mercado americano, empresas ou fundos de investimentos, possam enxergar o nosso Estado como boa alternativa de novos investimentos no Brasil e, no sentido inverso, criar novas conexões que permitam que empresas mineiras possam se internacionalizar a partir da Flórida, que é a principal porta de entrada de negócios brasileiros nos EUA. A BACCF é um ator relevante neste contexto, e essa parceria vai render bons frutos”, disse.

O presidente da BACCF, Alexandre Piquet, comemorou a inclusão do INDI na câmara de comércio, que completa 40 anos de criação em 2021. “Acreditamos que este primeiro passo seja para um estreitamento entre as agências de investimentos e os governadores dos dois estados. As similaridades entre Minas Gerais e Flórida confirmam um enorme potencial de colaborações em oportunidades comerciais bilaterais e investimentos, nos setores público e privado”, acrescentou.

O cônsul-geral do Brasil na Flórida, embaixador João Mendes Pereira, também se mostrou esperançoso com a parceria firmada nesta em Miami. “Essa missão do Governo de Minas aos EUA terá resultados muito importantes para exportação de bens e serviços de Minas e a captação de investimentos americanos para o Estado. Tenho certeza que a sinergia estabelecida entre o Governo de Minas e os empresários brasileiros radicados na Flórida renderá muitos frutos”, destacou.

Na agenda de compromissos na Flórida, a equipe do INDI ainda visitou empresas e agências de promoção de investimentos, como a Enterprise Flórida e a International Trade Consortium (ITC) onde puderam expor as melhorias do ambiente de negócios em Minas Gerais na gestão Zema para novos investimentos e ampliar o conhecimento sobre quais são as melhores oportunidades de negócios para as empresas mineiras na América.

Missão

Esta foi apenas a primeira etapa de uma missão do INDI aos Estados Unidos que vai durar dez dias. Além da Flórida, os gestores passarão pela cidade de Nashville, no Tennessee, onde o presidente do INDI, João Paulo Braga, será um dos palestrantes na abertura da conferência anual do Conselho Internacional de Desenvolvimento Econômico (IEDC), uma das principais organizações do setor no mundo, neste domingo (3/10). Os gestores ainda passarão pela capital americana, Washington (DC), para vários encontros com executivos de empresas e organizações internacionais de fomento.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando Passalio, que também integra a missão, vê um bom momento para empresas mineiras entrarem no mercado norte-amerciano. “A internacionalização de empresas mineiras no mercado americano é uma grande oportunidade, tanto pela variação cambial, quanto pelo atendimento e um imenso mercado consumidor”, considera.

Sobre a BACCF

A Câmara Brasil-EUA de Comércio da Flórida foi fundada em 1981 e se tornou uma das principais organizações de cooperação binacional do Estado americano. Atualmente, são mais de 1,2 mil membros entre empresas, organizações, empresários e profissionais promovendo as relações comerciais entre os dois países. Algumas grandes marcas internacionais também participam da BACCF, como Banco do Brasil Américas, Citibank, BBS International, Bradesco, Itaú, FedEx, American Airlines, Azul Linhas Aéreas, Embraer, Boeing, Ernst & Young, entre outras. 

Fonte: Brazilian Times

Comentários Facebook

Post Author: FN