Polícia determina que brasileiro matou três mulheres na Flórida e pode ter assassinado outras há 20 anos

Da redação
O Gabinete do Xerife de Broward e o Departamento de Polícia da cidade de Miami,…

Da redação

O Gabinete do Xerife de Broward e o Departamento de Polícia da cidade de Miami, na Flórida, anunciaram na terça-feira, dia 31 de agosto, que ligaram um assassino em série ao assassinato de três mulheres no sul do estado. Isso ocorre décadas depois que as vítimas foram mortas.

O corpo de Kimberly Dietz-Livesey foi o primeiro a ser descoberto, em 22 de junho de 2000. O xerife do condado de Broward, Gregory Tony, disse que o corpo dela foi colocado dentro de uma mala que foi encontrada ao longo de uma estrada em Cooper City.

Semanas depois, em no dia 9 de agosto de 2000, o corpo de Sia Demas foi encontrado dentro de uma mochila ao longo de uma estrada em Dania Beach.

As autoridades disseram que o assassino em série, identificado como Roberto Wagner Fernandes, que morava em Miami, mas era brasileiro, também matou Jessica Good, cujo corpo foi encontrado boiando na baía de Biscayne no dia 30 de agosto de 2001.

A polícia disse que ela foi esfaqueada várias vezes no peito.

De acordo com os detetives, os três casos compartilhavam “os mesmos padrões” e as evidências de DNA coletadas de todos os três crimes apontavam para um “culpado desconhecido”.

“Além disso, as impressões digitais das evidências coletadas em duas cenas de crime coincidiam. Mas a identidade do assassino permaneceu um mistério”, afirmou um comunicado emitido para a imprensa pelo BSO. “Um grande avanço aconteceu em 2011, quando o DNA do homicídio de Miami correspondeu ao perfil de DNA de suspeito desconhecido coletado dos assassinatos do condado de Broward. Além disso, as impressões digitais tiradas de Fernandes após a morte de sua esposa, anos antes, correspondem com as impressões digitais das cenas do crime”.

As autoridades dizem que Fernandes fugiu para o Brasil dias após o assassinato de Good, em 1º de setembro de 2001. Ele chegou a ser preso pelo assassinato de sua esposa, mas foi absolvido.

De acordo com dados divulgados pelos investigadores, a família dela teria pagado para que ele fosse assassinado, o que o levou a fugir do Brasil para o Paraguai.

Fernandes morreu a caminho do Paraguai quando o avião em que ele estava caiu em 2005, de acordo com as autoridades.

A polícia disse que o corpo de Fernandes foi exumado para garantir que ele não tenha forjado a própria morte. O DNA do corpo confirmou que era ele. Apesar da morte, as autoridades esperam que saber quem foi o assassino de seus entes queridos traga um fechamento para as famílias das vítimas.

Detetives acreditam que Fernandes pode ser responsável por outros assassinatos nos EUA durante o tempo em que morou no país. Qualquer pessoa com informações deve ligar para o detetive Zachary Scott em 954-321-4214 ou Broward Crime Stoppers em 954-493-TIPS (8477).

Apoiem os Pequenos negócios. Mantenha a economia girando!

ATLAS CABLE- A melhor promoção da Comcast para você ter internet de 1GB. O triple play tem equipamentos HD, 185 canais americanos e lations. Por apenas: $79.99. Estamos localizados no 493 Broadway, Everett (MA). Ligue: (781) 816-7330.

CUCKOO SIGNS- Gráfica especialista em fazer o seu negócio aparecer. Adesivos. Camisetas. Website. Estamos localizados no 72 Chelsea Street, Everett (MA). Tel: 857-266-3801

SEGUROS- Barato, completo e confiável. Não cobramos entrada para começar o seguro. Cotações grátis e sem compromisso: -Automóvel-Comercial-Aluguel-Residêncial. Gabrielli Lopes, Agente Licenciada: (781) 608-8547- Whats App – (978) 212-9641- Office. Email: [email protected]

Fonte: Brazilian Times

Comentários Facebook