Um brinde! Descubra 32 cervejarias pela Europa para incluir no seu roteiro de viagem

As cervejarias da Europa atraem milhares de visitantes todos os anos e estão na lista de atrações imperdíveis em vários destinos. Aquele cheiro de malte, lúpulo e cevada é inconfundível. A arte de fermentar cereais e outros ingredientes para fabricar a nossa cerveja é milenar e remonta aos primórdios da humanidade. Na Europa, a cultura cervejeira se fortaleceu e diversos estilos e tipos, que hoje nós conhecemos, nasceram ali. É claro, que alguns países se destacam mais, como Alemanha, República Tcheca, Reino Unido e Bélgica. Por isso preparamos uma lista com 32 cervejarias que não podem estar fora de seu roteiro cervejeiro na Europa. Saúde!!!

Na lista abaixo também separamos cervejarias da Irlanda, Eslováquia, Áustria, Holanda, Portugal e Espanha. É claro que muitas outras cervejarias foram deixadas de lado, pois o número de boa cerveja na Europa é infinito. Deixei um pouco de lado as pequenas cervejarias, que também são maravilhosas, e concentrei a lista nas grandes e tradicionais. Acredito que as cervejarias escolhidas te darão horas de prazer ao beber uma boa cervejinha em sua próxima viagem à Europa!

The Guinness Storehouse – Irlanda

Uma cerveja com mais de 260 anos de história, a Guinness é um símbolo da Irlanda. Muitos turistas que visitam Dublin não deixam de ir a The Guinness Storehouse. É uma das cervejarias que mais atraem visitantes em toda a Europa. Com seu sabor forte e espuma densa, a negra Guinness é mais que uma cerveja é um estilo. Ao chegar perto da fábrica, o cheiro de lúpulo torrado toma conta do ar e já fazem os amantes da cerveja já pensarem na degustação no bar da Storehouse.

The Guinness Storehouse está aberta até às 19h de domingo a quinta, já sexta e sábado funciona a até às 21h30. O ingresso custa a partir de €15.

Brew Dog – Escócia

Da nova geração de cervejarias esta é uma das mais famosas e fica na Escócia. Localizada em uma área verde em Ellon, ao norte de Aberdeen, está a fábrica de última geração da Brew Dog, onde você pode conhecer todo o processo e ir até a sala de torneiras DogTap, que serve a cerveja mais fresca direto da cervejaria.

Hoje a Brew Dog é a maior cervejaria artesanal do Reino Unido. A sua fama não vem só dos seus truques e estratégias de marketing, embora estes sejam geniais. A Brew Dog fabrica cervejas realmente boas. Bebe algumas delas num bar da Brew Dog pelo mundo a fora, onde pode provar a sua gama de cervejas. Não perca a oportunidade de beber uma Punk IPA.

O tour da Brew Dog dura 90 minutos e sai a £15.

Fuller’s – Inglaterra

Fundada em 1845, a Fuller’s é uma das cervejarias mais tradicionais e respeitadas do Reino Unido. Produz cervejas premiadas e de referência mundial entre elas: London Pride, Vintage Ale, Honey Des, ESB, London Porter, etc. A fábrica é bem pertinho de Londres e pode ser acessada por metrô. A estação mais próxima é de Turnham Green.

O tour com degustação funciona a partir das 10h de segunda a sábado. Tem que agendar antes pelo site da Fuller’s e custa £20.

Hook Norton Co. – Inglaterra

Em meio a uma paisagem deslumbrante e pacífica de Cotswold Hills, a cervejaria Hook Norton é uma empresa familiar orgulhosamente independente e que se esforça para fazer o melhor de sua herança cervejeira artesanal. Com vários rótulos e tipos de cerveja, a Hook Norton fica numa bela torre de estilo vitoriano.

A Hook Norton está localizada na cidade que leva o mesmo nome a cerca de 2 horas de viagem de Londres. O tour na Hook Norton Co. demora 90 minutos e custa £17,50.

Camden Town Brewery – Inglaterra

No coração do bairro cool de Londres fica a Camden Town Brewery. Em 2010, o fundador da empresa estava farto de beber Lager de má qualidade e então resolveu fazer a própria variedade. São vários tipos de cerveja produzidos, Pale Ale, Pilsner Lager, Unfiltered Hills, Inn Stout. Mas a joia da coroa é a Camden Hells Lager, bastante saborosa.

A Camden Town Brewery abre a fábrica para visitação de sexta a domingo. O tour com degustação custa £20.

Chimay – Bélgica

Nosso tour chega agora à Bélgica, um dos principais centros de produção de cerveja do mundo. Há diversos tipos entre eles o mais famoso as cervejas trapistas. Para receber o título de trapista, a cerveja deve ser produzida como atividade secundária nos mosteiros ou sob a supervisão dos monges, cujo lema de vida é a expressão beneditina Ora et Labora (“ore e trabalhe”, em português). Descubra um roteiro pelas cervejas trapista da Bélgica e Holanda. Entre elas a famosa Chimay produzida desde 1862.

Para os amantes desta cerveja há o Chimay Experience, um espaço exclusivo para descobrir a história e saborear uma bela taça. O valor é de €6.50.

Delirium – Bélgica

Uma das cervejas mais famosas da Bélgica. O elefantinho rosa começou a ser produzido em 1902 com a chegada do cervejeiro Leon Huyghe à cidade de Melle. No local da fábrica já havia outra produção de cerveja desde 1654. A Delirium é umas das cervejas mais premiadas e já ganhou o título de melhor do mundo. As cervejas Delirium são fabricadas em seis rótulos: Tremens, Nocturnum, Christmas, Red, Argentum e Deliria.

O tour na Delirium, em Melle, custa €15 e deve ser agendado previamente pelo site. Além da visita à fábrica, em Bruxelas fica o Café Delirium que conta com quase três mil cervejas diferentes no menu, das quais duas mil são belgas, sendo que todos os meses são adicionadas cervejas novas à lista.

Cantillon Lambic – Bélgica

Em uma parte rara de Bruxelas, onde o tempo parece ter parado, encontra-se uma cervejaria familiar em operação desde 1900. Pajottenland, uma área de extensos prados e campos agrícolas no canto oeste da capital, abriga a Cervejaria Cantillon Lambic. Este rótulo atrai qualquer amante de cervejas belgas, uma vez que as variedades Gueuze e Kriek de Lambic, com seu sabor seco e ácido, são amplamente conhecidas como uma especialidade nacional.

A Cantillon Lambic está aberta para visitação e degustação. O tour dura 1h15 e custa € 9,50.

De Koninck – Bélgica

Deixamos Bruxelas para trás e seguimos para a Antuérpia. Recentemente remodelada para incluir um centro de visitantes, a Koninck é a cervejaria mais antiga da cidade. Destaque para a famosa Bolleke, uma cerveja pálida maltada com notas de caramelo e canela amada pelos habitantes locais.

No tour o visitante verá uma exposição interativa que o levará através da jornada de uma garrafa de cerveja até os cafés, você está convidado a dar um passeio na ponte suspensa nas câmaras de cerveja reais com as máquinas e chaleiras zumbindo abaixo. O tour na De Koninck tem bebida incluída e custa €14.

Duvel – Bélgica

Entre Antuérpia e Bruxelas fica a cidade rural de Puurs, no rio Escalda, onde fica a cervejaria Duvel Moortgat. Fundada por Jan-Leonard Moortgat em 1871, a receita da Duvel foi inspirada nas cervejas inglesas usando uma cepa de levedura adquirida de uma cervejaria escocesa. Duvel era originalmente chamada de Victory Ale quando foi lançada logo após a Primeira Guerra Mundial. O nome só foi mudado depois que um sapateiro local declarou durante uma sessão de degustação: “Este é um verdadeiro demônio” (“duvel” significa demônio no dialeto local). A cerveja foi então renomeada em 1923.

A visita guiada inclui um filme introdutório, um passeio pela cervejaria e setor de engarrafamento e uma aula sobre como servir corretamente esta icônica cerveja belga em seu copo em forma de tulipa correspondente. O tour na Duvel custa €9.

Het Anker – Bélgica

Uma das cervejarias mais antigas da Bélgica funciona dentro de um antigo beguinage (uma espécie de convento) na histórica cidade de Mechelen desde 1471. A família Van Breedam a comprou em 1872. Eles ainda administram hoje, produzindo cervejas como Gouden Carolus Classic Dark Ale e Lucifer, uma loira forte e amarga. A visita leva menos de duas horas, incluindo uma degustação, e termina na cobertura com uma vista incomparável da famosa Torre de St. Rumbold de Mechelen. O tour na Het Baker custa a partir de €9.

Leffe – Bélgica

Depois de passar o know-how de geração em geração por quase oito séculos, é possível se deliciar com a Leffe e descobrir a história desta cervejaria nos corredores de um antigo mosteiro, hoje convertido em um hotel chamado “La Merveilleuse”. Uma história que se pode saborear através das diferentes variedades de Leffe. No tour o visitante tem experiências interativas, telas sensíveis ao toque e, claro, degustação. Você descobrirá o verdadeiro significado da palavra “zitologia”, a habilidade por trás de cada variedade Leffe e o surpreendente prazer de combinar comida. Esta experiência ocorre na Maisson Leffe bem no coração de Dinant, cidade perto da fronteira com a França.  

La Trappe – Holanda

Cruzamos a fronteira e encontramos mais cerveja trapista, agora, na Holanda. A famosa La Trappe fica em Tilburgo, no sul do país, a 120 km de Amsterdã. A cerveja La Trappe começou a ser produzida em 1884 pelos monges da abadia Onze Lieve Vrouw of Koningshoeven e o objetivo principal, na época, era arrecadar dinheiro para sustento próprio e projetos de caridade.

Nove ales trapistas são produzidas na fábrica da abadia, que faz questão de utilizar produtos naturais e matéria-prima local durante todo o processo. É possível conhecer o processo e visitar a fábrica. O tour na La Trappe só funciona entre abril e outubro. 

Heineken – Holanda

No coração de Amsterdã você pode ter uma imersão na maior cervejaria do país com mais de 150 anos de história. A visita é muito divertida, mesmo para quem não gosta de cerveja, com vídeos contando a história da cervejaria e um cinema imersivo mostrando a viagem de uma garrafa da produção ao bar, com movimento, luzes e jatos de água. Além de conhecer o processo de produção na antiga fábrica hoje desativada, o amante da verdinha pode mergulhar de cabeça na cultura Heineken, incluindo jogos e esportes. Testar todos sentidos, sentir o lúpulo, provar o mosto e cheirar os aromas autênticos da cervejaria. O Heineken Experience custa €18.

A equipe do Melhores Destinos fez esse tour e aprovou

Brouwerij de Molen é uma cervejaria artesanal localizada em Bodegraven, na Holanda, a cerca de 30 minutos de carro de Amsterdã. A bela cervejaria fica sob um moinho antigo. No local eles fabricam diversos estilos de cerveja, como Stout, Porter, Barley Wine, Bitter, Pale Ale, Sour, Lager e Saison. Usam apenas os melhores maltes, lúpulo e fermento. Já foram escolhidos como a posição de Top cervejeiro # 1 na Holanda pela RateBeerBest e sempre estão entre os 100 melhores do mundo.

Os tours na Brouwerij de Molen devem ser reservados antecipadamente, demoram 1h30 e custam €17,50.

Grolsch – Holanda

A Grolsch Brewery, conhecida simplesmente como Grolsch, é uma das cervejarias mais antigas do mundo, fundada em 1615 em Groenlo. A cidade de Groenlo era então conhecida como Grolle, daí o nome Grolsch, que significa “de Grolle”. A principal cerveja do grupo é Grolsch Premium Pilsner. Hoje é a segunda maior cervejaria da Holanda e você pode visitar a fábrica por €15 na cidade de Enschede.

Hofbräuhaus – Alemanha

Bora para a Alemanha! A cervejaria mais famosa do país abre suas portas ao público todas as semanas para compartilhar (alguns) dos segredos de sua cerveja mundialmente famosa. Este tesouro nacional agora é propriedade do governo estadual da Baviera e atrai turistas ao seu belo edifício no centro de Munique, que conta com um belo restaurante e muita história.  

A Hofbräuhaus tem raízes reais como a Cervejaria Real do Reino da Baviera, fundada em 1589. Ao longo da sua história muitos fatos marcaram a cervejaria. O local abrigou o primeiro discurso político de Adolf Hitler como membro do Deutsche Arbeiter Partei em 16 de outubro de 1919. 

Dedique entre 60 e 90 minutos para aprender cada etapa do processo de fermentação, do cheiro do lúpulo à fermentação, ao condicionamento e à degustação. Termine sua educação provando a cerveja sem filtro recém-tirada com petiscos bávaros. O tour da Hofbräuhaus ocorre na grande fábrica da cervejaria nos arredores de Munique, onde o ingresso sai a partir de €10.

Kloster Andechs – Alemanha

Uma visita diferente das demais. O Mosteiro Andechs, localizado na Montanha Sagrada acima do Lago Ammersee, na Baviera, tem sido um local de peregrinação e cultura da cerveja desde a Idade Média. O tour pela cervejaria conta a você tudo sobre a rica história do processo de fabricação da cerveja, ao mesmo tempo que dá acesso às instalações de última geração. O mosteiro também possui igreja, cervejaria, restaurante, açougue, destilaria e até uma fazenda orgânica. 

O tour na Kloster Andechs dura 1 hora e tem que ser marcado com antecedência. O mínimo para visita é de grupos de 10 pessoas. O valor é de €7, mas se não atingir 10 pessoas o custo é de €70 para visitação guiada em alemão. Em inglês há o acréscimo de €30.

Erdinger – Alemanha

Para os amantes de Weiss. A maior cervejaria de trigo do mundo está localizada pertinho de Munique e combina tradição com tecnologia moderna. Os ingredientes mais puros com receitas antigas passam por uma fábrica de engarrafamento de alta tecnologia, e a cerveja é amadurecida em um depósito controlado por computador. Mais de um milhão de garrafas saem da cervejaria todos os dias, mas você pode saborear sua Weissbier no jardim da cervejaria.

Descubra na fábrica o que torna a Erdinger a cerveja de trigo favorita do mundo. O programa de 3 horas inclui tour e degustação, mostrando todo o processo de fabricação desta boa cerveja. O ingresso pode ser comprado online e custa €17.

Weihenstephan – Alemanha

A cervejaria Weihenstephan em Freising, perto de Munique, se orgulha de ser a cervejaria mais antiga do mundo. Monges beneditinos faziam cerveja aqui já em 1040 d.C. A cervejaria é mais famosa por sua cerveja de trigo Weizenbier. Viaje no tempo e aprenda sobre o processo de fabricação de cerveja de Weihenstephan, que já dura quase 1000 anos.

O passeio na cervejaria para menores de 16 anos só é permitido se acompanhado por um adulto. Crianças menores de 6 anos não podem entrar na produção por motivos de segurança, nem participar dos tours da cervejaria. O tour na Weihenstephan dura 60 minutos e custa a partir de €8.

Becks – Alemanha

Deixamos um pouco a região tradicional da Baviera para chegar a uma das maiores cervejarias alemãs, que abre as portas da fábrica aos amantes de cerveja que visitam Bremen, no norte da Alemanha. Um tour pela cervejaria Beck’s fornece uma riqueza de informações fascinantes sobre a arte da cerveja e as marcas Beck’s e Haake-Beck. Além do museu, os visitantes podem ver o armazém de ingredientes e a cervejaria, os silos de malte e os tanques de fermentação e armazenamento. Uma das melhores partes do tour vem no final com uma degustação bem generosa da cerveja Becks. O tour custa €14,50.

Peter’s Brauhaus – Alemanha

Uma cervejaria de estilo único. A cerveja de estilo Kölsch é original da cidade de Colônia, na Alemanha, e foi criada para combater as cervejas Lagers claras. Kölsch é uma denominação protegida pela Kölsch Konvention (de 1986) e está limitada a cerca de 20 cervejarias ao redor de Colônia, entre elas a Peter’s Brauhaus, onde você pode conhecer o processo de fabricação e se deliciar no restaurante local. Prost!

Carlsberg – Dinamarca

Da Alemanha seguimos para a Dinamarca para visitar uma das marcas mais famosas do mundo cervejeiro. O enorme centro de visitantes na histórica cervejaria Carlsberg cobre uma área de cerca de 10.000 metros quadrados e parece ser um universo cervejeiro completo. Hoje, mais de 500 cervejas diferentes estão associadas ao nome Carlsberg. Um tour pelo museu leva você através da fábrica de cerveja original e ainda operacional criada por JC Jacobsen em 1847. O melhor está ao final do tour, mais de 49 variedades de cerveja Carlsberg estão esperando para serem degustadas no bar Jacobsen. A visita guiada custa €10.

Pilsner Urquell – Rep. Tcheca

Nosso tour chega a mais um importante polo de cervejarias na Europa, a República Tcheca, e já começamos conhecendo essa que é mais que apenas uma cervejaria. A Pilsner Urquell introduziu o estilo Pilsen Lager no mundo a partir de 1842. Hoje a Urquell é a maior cervejaria da República Tcheca e conta com tour imperdível ao custo de €7,50. Durante a visita você conhecerá um pouco da história da cerveja, ver o processo de fabricação e degustar um boa geladaUma das melhores partes do passeio acontece em nove quilômetros de túneis subterrâneos, o coração de nossa cervejaria desde 1842. A temperatura é sempre mais amena lá, por isso é o lugar perfeito para relaxar em um dia quente. É bom levar uma blusa para caminhar pelos túneis gelados.

Spa de Cerveja Pilsen Purkmistr – Rep. Tcheca

Além de apenas beber a cerveja, que tal se deliciar com um banho? É isto mesmo. No Spa de Cerveja Pilsen Purkmistr você poderá fazer isto. Tomar banho e relaxar numa banheira de madeira cheia de cerveja. Eu já fiz e amei a experiência. Além do banho, você poderá relaxar com uma massagem de produtos fabricados a partir da cevada. O melhor de tudo é que durante todo o processo há um barril de cerveja fresquinho para você se deliciar. A Purkmister fabrica a sua própria cerveja no local.

O Spa de Cerveja Pilsen Purkmistr está situado em Pilsen a cerca de 1h30 de Praga. Somente o banho de cerveja custa €30 e a experiência completa do spa cerveja sai por €55. Independente o quê você escolher a cerveja está liberada sem restrições. O local conta também com quartos de hotel e um delicioso restaurante.

Budweiser Budvar – Rep. Tcheca

A famosa Budweiser não é tão “made in America” como você pode acreditar. Na verdade, a sua origem está num lugar chamado České Budějovice, a sul de Praga, sendo esta a “outra” grande cidade da cerveja da República Tcheca, a seguir a Pilsen. A Budvar é a Budweiser original, pois foi fundada em 1265, bem antes da famosa americana, que teve sua origem ligada à Alemanha. A disputa pelo nome foi parar na Justiça e hoje encontramos, no Brasil, a Budweiser Budvar sob o nome de Czechvar.

O tour a cervejaria Budweiser Budvar funciona diariamente das 9h às 17h e dura cerca de 1 hora. O valor, com degustação, é de €2,50.

Bratislava Burgess – Eslováquia

Onde uma boa cerveja é produzida, a culinária que eles “fabricam” também deve ser boa. Esta pequena cervejaria local segue a tradição da conhecida cervejaria da cidade chamada “Die Bürgerliche Brauerei”, produzindo cerveja com tecnologia de ponta desde 1752. Bem no centro de Bratislava, a cervejaria deve estar no seu roteiro pela capital eslovaca.

Hubertus Bräu- Áustria

Uma das cervejarias mais antigas do mundo. O veado no rótulo desta cerveja está lá devido a uma história muito inusitada. Um bispo medieval, Saint Hubert, afirmou ter tido a visão de um veado com uma cruz aninhada em seus chifres, que Hubert acreditava ter sido mostrado porque ele tinha uma tendência a negligenciar seus deveres cristãos em favor da caça. Daquele dia em diante, ele desistiu de caçar em favor de deveres santos. É de Saint Hubert que a cervejaria leva seu nome, e eles fabricam cerveja desde 1454 em Laa an der Thaya, a 1 hora de Viena. O tour na Hubertus Bräu custa € 6.

Stiegl – Áustria

Dizem que era a cerveja favorita de Mozart. Com uma história de mais de 500 anos, a Stiegl desempenha um papel significativo na cultura da cerveja dada, entre outras coisas, a enorme variedade de cerveja que oferece. Além dos cerca de vinte tipos de cerveja Stiegl, a cervejaria “interna” da Stiegl-Brauwelt cria algumas variedades de cerveja interessantes, como a “Männerschokolade”, a “Zölibat” ou a “Gmahde Wiesn”. O tour na Stiegl ocorre diariamente e custa € 17.

Super Bock – Portugal

Cervejaria em Portugal? Pois tem sim, senhor! Com ambientes sofisticados, uma arquitetura e decoração moderna e inovadora, a Super Bock Casa da Cerveja é uma “casa viva” em pleno funcionamento, situada no interior do próprio Centro de Produção do Super Bock Group, em Leça do Balio, ao lado do Porto. Por lá é possível assistir a todo o processo de fabricação da cerveja, conhecer as matérias-primas que lhe dão origem, assim como os momentos marcantes, histórias e curiosidades da marca.

A visitação deve ser agendada pelo site da Super Bock Casa da Cerveja  e custa €10.

Arriaca – Espanha

Passamos a fronteira e chegamos à Espanha. A cerca de uma hora de Madri fica Guadalajara, cidade natal da Arriaca. A empresa cria cervejas autênticas e originais, feitas com paciência e respeito pelo processo. O cuidado da elaboração, bons produtos e paciência são responsáveis ​​pelas cores, aromas, sabores e texturas de uma gama de cervejas artesanais feitas para serem apreciadas com os cinco sentidos. Hoje a Arrica produz nove tipos de cerveja, entre elas a premiada Imperial Russian Stout ganhou o principal prêmio do World Beer Idol, na República Tcheca. Saiba mais sobre a visitação a fábrica no site da Arriaca.

Estrella Galicia – Espanha

Nosso delicioso tour termina no coração da Galícia, em Corunha, onde fica o mundo da cervejaria Estrella Galicia.  Lá o visitante pode se maravilhar e ter diversas experiências no Mega Mundo Estrella Galicia com mais de 2.500 metros quadrados. Há museu, atrações interativas e bar de degustação, além, é claro, de acompanhar todo o processo de fabricação. O ingresso para o tour sai a partir de €15.

Ficou com água na boca depois de conhecer tantas cervejarias maravilhosas? Antes de ir tomar sua gelada, não deixe de baixar o aplicativo do Melhores Destinos! Assim você recebe os alertas de promoções passagens para a Europa (e todos os lugares do Brasil e do mundo) e planeja sua viagem para fazer esse tour maravilhoso pagando pouco! E o melhor: é grátis!

Aproveite para ler:

Viaje ao redor do mundo sem sair de casa no sabor de 20 cervejas internacionais

Já esteve em alguma das cervejarias indicadas acima? O que achou da lista? Tem outras cervejarias que gostaria de indicar? Deixe o seu comentário logo abaixo.

Fonte: Melhores Destinos

Comentários Facebook