Turista de Ohio contrai bactéria carnívora durante passeio na Flórida

Um homem de Ohio foi parar no hospital depois de contrair um tipo de bactéria mortal que “come carne” enquanto visitava a Flórida.
De acordo com a WFTS, Barry Briggs visitou a Flórida em março e fez um passeio de barco com seu cunhado em Tampa.

Segundo relato do homem, seu pé começou a inchar logo após a viagem, mas ele conseguiu voltar para Ohio antes de ser levado às pressas para o hospital onde foi diagnosticado com fasciíte necrotizante, ou uma infecção da carne causada pela bactéria Streptococcus, que geralmente entra através de uma pequena ferida e é encontrada na água salgada.

Briggs passou 11 dias no hospital e quase perdeu o pé para a doença. Felizmente, com a ajuda de diferentes tipos de antibióticos, os médicos conseguiram salvar seu pé. Ele também foi submetido a enxertos de pele.

Pescador da Flórida contrai bactéria carnívora ao se machucar com anzol

“Uma vez que esta coisa começou, se espalhou rapidamente. Parece que crescia uma polegada por hora na minha perna”, disse Briggs. “Estou incrivelmente feliz por ter todos os meus dedos, ter o meu pé, estar vivo.”

Briggs não é o único a contrair o tipo de bactéria carnívora na Flórida. Na semana passada, um pescador quase perdeu a mão ao ser infectado pela bactéria ao se machucar com o anzol a cerca de 32 quilômetros da costa de Palm Harbor, no Golfo do México.

Os Centros de Controle de Doenças dizem que há 700 a 1200 casos como este por ano nos Estados Unidos. No entanto, eles acreditam que os números podem ser bem maiores. Com informações da ABC News.

O que é a Faciíste Necrosante

A Flesh-eating disease, também conhecida como Necrotizing fasciitis (em português chamada de fasciíte ou fasceíte necrosante), a doença é comumente causada por bactérias do estreptococo do grupo A (GAS). Esse é o mesmo tipo de bactéria que causa infecções na garganta. No entanto, vários tipos de bactérias, como o Staphylococcus e outros, também foram associados à doença.

Pessoas com um sistema imunológico enfraquecido podem ter maior risco de desenvolver a doença que se espalha rapidamente. Os sintomas incluem bolhas, febre, fadiga e dor.

O tratamento envolve a ingestão imediata de antibióticos intravenosos e a remoção cirúrgica do tecido morto ou infectado da ferida é frequentemente necessária, informa o CDC.

O post Turista de Ohio contrai bactéria carnívora durante passeio na Flórida apareceu primeiro em .

Fonte: Gazeta News

Comentários Facebook