Senado rejeita proposta de aumento do salário mínimo federal em $15 por hora

O Senado aprovou uma medida que proíbe o aumento do salário mínimo federal para $15 dólares por hora, conforme havia proposto o presidente Joe Biden no pacote de recuperação econômica covid-19 de $1,9 trilhão.

Segundo a proposta de Biden, o aumento seria gradual, atingindo o o valor de $15 dólares por hora trabalhada até o ano 2025.

Entretanto, os Republicanos entenderam que qualquer aumento, neste momento, prejudicará empresas e destruirá empregos. 

“Um salário mínimo federal de $15 seria devastador para nossas pequenas empresas mais atingidas em um momento em que elas menos podem pagar”, disse o senador Joni Ernst, um Republicano de Iowa.     

Eles apresentaram um relatório indicando que a medida aumentaria os ganhos de 27 milhões de trabalhadores mas, por outro, lado custaria 1,4 milhão de empregos nos próximos quatro anos.

Dois senadores Democratas, Kyrsten Sinema, do Arizona, e Joe Manchin da Virginia, votaram alinhados aos Republicanos na rejeição da medida.

 Atualmente, o salário mínimo federal nos EUA é $7,25, isso significa que nenhum estado pode pagar menos que isso aos seus trabalhadores.

De acordo com o Labor Department, em 2019, 82,3 milhões de trabalhadores acima de 16 anos eram pagos por hora nos EUA, representando 58% de todos os trabalhadores assalariados.

Deste total, 392 mil ganhavam exatamente o salário mínimo federal vigente de $ 7,25 por hora.

The post Senado rejeita proposta de aumento do salário mínimo federal em $15 por hora first appeared on AcheiUSA. Fonte: AcheiUSA

Comentários Facebook