Queen Latifah constrói condomínio de US$ 14 milhões em Newark

Foto12 Newark Queen Latifah constrói condomínio de US$ 14 milhões em Newark
Queen Latifah é uma das celebridades naturais de Newark que decidiram investir na cidade, além da lenda do basquetebol Shaquille O’Neal

O projeto inclui 20 casas de 3 famílias e um prédio de uso misto e espaço comercial com 16 unidades adicionais

Nascida em Newark, Queen Latifah é rapper, atriz e filantropa e agora investe no ramo imobiliário em sua cidade natal. Ela está lançando o projeto de US$ 14 milhões na esquina da Springfield Avenue e South 17th Street, com data para iniciar no verão.

Latifah, presidente adjunta da BlueSugar Corporation, está trabalhando em sociedade com a GonSosa Development no projeto, que fica localizado entre as zonas oeste e sul da maior cidade de New Jersey. Tal projeto inclui 20 casas de 3 famílias e um prédio de uso misto e espaço comercial com 16 unidades adicionais. O prédio também inclui uma academia de ginástica e 1.900 pés quadrados de espaço comercial que serão alugados para ONGs. As 60 unidades nas casas terão valor de mercado; já as 16 unidades no prédio serão destinadas às famílias de baixa renda.

Os aluguéis das unidades com valor de mercado girarão em torno de US$ 1.800 mensais e têm data de inauguração agendada para dezembro de 2020. Já o prédio com unidades para famílias de baixa renda deve ser concluído em dezembro de 2021; cujos valores oscilarão conforme a renda dos inquilinos.

Cristina Pinzon, porta-voz da empresa construtora, disse que ambas as companhias reconhecem a necessidade de moradias de baixa renda em vizinhanças como as de Newark.

“Eles (investidores) entendem o quanto é difícil se manter para muitos residentes, portanto, querem fazer parte da solução. Eles permanecem dedicados a melhorar a vida em comunidades como as de Newark”, relatou Cristina.

Latifah, que nasceu em Newark e foi criada em East Orange, já assumiu previamente suas raízes em New Jersey. Como palestrante na cerimônia de formatura da Universidade Rutgers Newark, em maio de 2018, ela disse aos formandos “eu não poderia ter mais orgulho de fazer parte de Newark hoje, esse é o nosso lar”.

“Atualmente, Newark está crescendo novamente, crescendo porque o nosso maior produto exportador não é um produto; sempre tem sido as pessoas. Pessoas como cada um de vocês, únicos, fortes, indivíduos criativos”, acrescentou.

Fonte: Brazilian Voice

Comentários Facebook

Marcações: