Proibidos! 23 lugares do planeta que você provavelmente nunca poderá visitar

Aqui no Melhores Destinos estamos sempre falando dos lugares mais legais do mundo que merecem a sua viagem. Mas hoje a lista é diferente: existem muitos locais que são completamente proibidos para visitantes ou têm acesso altamente restrito por algum motivo, entre eles razões políticas, religiosas, históricas e ambientais. Conheça alguns dos lugares mais proibidos do planeta em que os viajantes não estão autorizados a visitar:

1. Vale do Javari: Restrito para proteger a tribo na Amazônia

O Vale do Javari é uma das maiores terras indígenas do mundo. A região abriga várias tribos indígenas do Brasil, incluindo Matis, Matses, Kulina, Mayoruna e Korubo.

A entrada nessas florestas foi restringida pelo governo brasileiro para a segurança de seus povos indígenas e para proteger o patrimônio e estilo de vida. Algumas das tribos permaneceram isoladas até agora. Os especialistas acreditam que qualquer contato com o mundo exterior pode ser perigoso para os nativos, pois podem transmitir doenças que podem ser fatais.

(Foto: Bruno Kelly/Amazônia Real)

2. Zona desmilitarizada coreana DMZ: uma das zonas mais militarizadas do mundo

Ao contrário do que diz o nome, a Zona Desmilitarizada Coreana  é possivelmente uma das zonas mais militarizadas do mundo.

Este pedaço de terra marca a separação entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte. Portanto, é uma área totalmente proibida. Ninguém, exceto os funcionários e militares, estão autorizados a visitar este lugar.

3. Ilha da Queimada Grande: habitada por mais de 4 mil cobras venenosas

Este é um dos lugares mais perigosos e restritos do planeta. No litoral de São Paulo, a ilha inteira está coberta de cobras. Acredita-se que elas ficaram presas ali quando o aumento do nível do mar desconectou a ilha do continente.

Para a segurança de todos, os visitantes são completamente impedidos de entrar na ilha. Apenas pesquisadores selecionados e da Marinha do Brasil podem visitar. O principal destaque são as espécies de cobras criticamente ameaçadas de extinção, chamadas de jararacas douradas. Existem cerca de 4 mil cobras espalhadas na ilha.

4. Mezhgorye, Rússia: Instalação secreta de mísseis nucleares

Localizada nos Montes Urais, Mezhgoyre em Bashkortostan é uma cidade ultrassecreta na Rússia, totalmente proibida a qualquer visitante.

A cidade é supostamente o local que abriga os mísseis nucleares da Rússia e nenhum visitante é permitido, mesmo nas proximidades.

5. Ilha Sentinela do Norte, Índia: A tribo nativa não aprecia visitantes

Talvez você se lembre de quando um homem foi morto por ter alcançado uma ilha remota secretamente para tentar pregar o cristianismo aos nativos isolados, no final de 2018 . Isso aconteceu na Ilha Sentinela do Norte na Índia, onde as tribos estão isoladas da ilha principal há séculos.

Em 2006, o governo indiano proibiu viagens dentro de 3 milhas da ilha para evitar novas vítimas e para proteger os habitantes nativos. Este é, portanto, um dos lugares mais proibidos da Índia.

6. Zona Rouge, França: devastada pela Primeira Guerra Mundial

A Zona Rouge constitui uma cadeia de áreas desabitadas no Nordeste da França, que é um dos lugares mais restritos do planeta.

A área foi isolada após a Primeira Guerra Mundial, pois acredita-se que tenha sido completamente danificada pela guerra. O espaço contém uma grande quantidade de restos humanos e animais, junto com armas e bombas não detonadas que contaminaram a água e a terra. O governo francês proíbe qualquer atividade na zona, incluindo agricultura, silvicultura, assentamentos, etc.

7. Caverna de Altamira, Espanha: para proteger a arte antiga

A caverna está localizada perto da cidade espanhola de Santillana del Mar. É conhecida por seus desenhos a carvão e pinturas policromadas da fauna local e mãos humanas.

A entrada na caverna foi restringida pela primeira vez em 1977 por causa dos danos causados pelo aumento do número de visitantes, e desde 2002 está fechada para turistas. O calor, a umidade e o dióxido de carbono produzidos pelos visitantes levaram à degradação gradual das pinturas das cavernas.

8. Svalbard Global Seed Vault, Noruega: Reserva de sementes de plantas do mundo inteiro

Popularmente chamado de Cofre do Juízo Final, ele atua como uma reserva de segurança para preservar as sementes das plantas. As que estão armazenadas aqui são, na verdade, amostras duplicadas de sementes mantidas em bancos de genes ao redor do mundo.

O cofre tem como objetivo guardar as sementes no caso de uma catástrofe global. Portanto, por razões de segurança, visitas privadas ao cofre de sementes são proibidas. A reserva é um dos lugares mais restritos do planeta. Você pode ver a abóbada de fora e pode visitar o museu Svalbard para ter mais informações.

9. Morgan Island, EUA: os macacos nesta ilha podem ser mortais

Morgan Island é uma ilha desabitada na Carolina do Sul que abriga milhares de macacos Rhesus, sendo que todos da ilha estão infectados pelo vírus da herpes tipo B. Eles foram transferidos de Porto Rico, pois estavam passando a doença para a população nativa.

Portanto, é totalmente proibido aos visitantes para sua própria segurança e a segurança dos macacos. No entanto, pesquisadores com permissões muito especiais têm permissão para entrar na ilha.

10. Pravcicka Brana, República Tcheca: O arco em risco de desmoronar

O arco de arenito em Pravcicka Brana é o marco mais espetacular da República Tcheca, que atrai visitantes de todos os lugares. Devido à erosão do arco, os visitantes estão proibidos de subir ao seu topo. Os viajantes têm permissão apenas para olhar o arco de longe.

Mesmo com a proibição, os geólogos acreditam que devido à erosão constante o arco pode desmoronar em breve. Uma pena, não é?

11. Ilhas Farallon, EUA: Protegendo espécies raras

As Ilhas Farallon são uma ilha remota que abriga um grande número de espécies de pássaros e animais. Elas estão localizadas na costa de San Francisco, nos Estados Unidos, e estão proibidas para os visitantes devido à sua costa íngreme e rochosa e também para proteger a vida selvagem, que é muito sensível a perturbações.

Durante muitos anos o local foi utilizado como depósito de lixo radioativo, além de contar com elefantes marinhos que atraem perigosos tubarões brancos.

12. Área 51, EUA: Estrangeiros ou não, nem chance de chegar perto

Dos lugares mais restritos do planeta, a Área 51 é provavelmente o mais conhecido. Localizado no meio de um deserto em Nevada, não se sabe muito sobre esta base, que pertence à Força Aérea dos Estados Unidos e é totalmente proibida para o público em geral.

O lugar gerou muitas teorias de conspiração, especialmente envolvendo alienígenas e naves espaciais. Muitos acreditam que nesta área as autoridades americanas ocultam evidências da existência alienígena.

12. Cavernas de Lascaux, França: Proibido qualquer dano à arte das cavernas

Localizadas na França, as Cavernas de Lascaux são conhecidas por suas pinturas pré-históricas, que retratam animais como veados e gado, junto com a fauna da época. As cavernas estão restritas ao público desde 1963,pois a entrada de turistas alterou o ambiente e estava causando o crescimento de fungos e micróbios.

O número de visitas à caverna é altamente restrito para evitar a destruição permanente da arte rupestre. Os viajantes podem ver as réplicas das cavernas originais nos museus Lascaux II, Lascaux III e Lascaux IV.

13. Museu de Educação de Segurança Nacional de Jiangsu, China: segredos bem guardados

Este museu de espionagem também está entre os lugares mais restritos do planeta, pois apenas cidadãos chineses são permitidos aqui, nenhum visitante estrangeiro está autorizado a visitar o museu. Além disso, os cidadãos chineses estão proibidos de tirar fotos.

O museu tem uma série de exposições, incluindo armas, documentos, dispositivos usados ​​por espiões, etc.

14. Mount Weather, EUA: O centro de emergência do governo

Esta instalação secreta está localizada na Virgínia e tem como objetivo servir como um centro de emergência para o governo dos Estados Unidos em caso de um desastre natural.

Os visitantes estão totalmente proibidos de entrar: guardas armados, muros e cercas afiadas protegem toda a área. O lugar é tão secreto que ninguém sabia que ele existia até 1974, quando um avião caiu próximo ao local.

15. Sala 39, Coreia do Norte: O segredo das atividades da família do ditador

Também conhecida como Bureau 39, Divisão 39 ou Office 39, a Sala 39 é uma organização partidária norte-coreana secreta associada à família do ditador Kim no poder.

O escritório estaria localizado dentro da sede do Partido dos Trabalhadores em Pyongyang. É estritamente proibido para qualquer visitante – tanto doméstico quanto internacional.

Muitos acreditam que a organização está envolvida em atividades ilegais, incluindo falsificação e tráfico de drogas.

16. Ilha Poveglia, Itália: Uma ilha abandonada com histórico de morte e violência

Esta pequena ilha tem uma história sombria. Foi usada como centro de quarentena de pragas e, mais tarde, como hospital psiquiátrico. Os edifícios que sobraram na ilha incluem uma igreja, um hospital, um asilo e um campanário.

A ilha é propriedade do Estado e completamente desabitada e as visitas são proibidas. As estimativas sugerem que muita gente morreu de peste aqui e foram enterrados nos fossos. Também se especula que muitos pacientes mentais foram torturados e mortos neste lugar.

17. Ilha Surtsey, Islândia: Limites para minimizar a interferência humana

Acredita-se que a Ilha Surtsey seja a mais nova ilha do planeta causada por erupções vulcânicas. Ela foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO em 2008 por seu imenso valor científico.

Apenas alguns cientistas têm permissão para visitar a ilha para proteger o meio ambiente e minimizar a interferência humana. Os cientistas acreditam que o equilíbrio ecológico é extremamente sensível e qualquer interferência humana pode atrapalhar o curso natural de desenvolvimento da ilha.

18. Base Dulce, EUA: Ninguém sabe o que acontece neste laboratório subterrâneo secreto

Outro favorito entre os teóricos da conspiração é a base de Dulce localizada no Novo México. Com imensa certeza, esse é um dos locais mais restritos do planeta. Acredita-se que ele tenha um enorme laboratório subterrâneo escondido que conduz experimentos inconcebíveis.

Teóricos da conspiração acreditam que a base é usada para testes em alienígenas e certas tecnologias avançadas. Já que ninguém é permitido, acho que nunca saberemos a verdade por trás das teorias.

19. Fort Knox, EUA: Uma instalação fortemente protegida que armazena tesouros do governo

Fort Knox é um posto do Exército dos Estados Unidos em Kentucky que armazena uma grande parte de ouro e outros itens valiosos em posse do governo. A instalação é fortemente protegida e ninguém tem permissão para entrar. Cerca de 30 mil soldados protegem o forte.

20. Metro 2, Rússia: Esqueça, pois é difícil de encontrar

O Metro 2 seria um sistema subterrâneo secreto de quatro linhas em Moscou operado pelo Ministério da Defesa da Rússia. A única razão pela qual você não pode visitar o local é porque ninguém sabe a localização exata do sistema de metrô. Diz lenda que o sistema conecta o Kremlin de Moscou à sede do Serviço de Segurança Federal (FSB).

21. Cofre da Coca Cola, EUA: um dos segredos mais bem guardados do mundo

A fórmula secreta da Coca-Cola é um segredo guardado há mais de cem anos. Ela foi escondida no Coca-Cola Vault no museu World of Coca-Cola em Atlanta, no estado da Geórgia, nos Estados Unidos. Os visitantes estão totalmente proibidos de entrar no cofre.

22. Bank of England Vaults, Inglaterra: Uma das instalações mais seguras do mundo

Dizem que o Cofre do Banco da Inglaterra contém 1/5 do total das reservas de ouro do mundo. O acesso ao cofre é altamente restrito e apenas algumas pessoas autorizadas têm permissão para entrar, sendo que o nome delas também são mantidos em segredo. O cofre contém mais de 5 mil toneladas de ouro com valor estimado em mais de US$ 200 bilhões.

23. Data centers do Google: zonas de alta segurança para proteger os dados

Os data centers são as instalações onde o Google armazena e processa todos os nossos dados. Todos eles estão em zonas de alta segurança e completamente fora dos limites de visitantes para proteger qualquer tipo de violação de dados. O Google tem seus data centers em quatro continentes: América do Norte, América do Sul, Ásia e Europa.


E você, o que achou dos lugares que citamos? Ficou curioso para saber o que tem lá dentro ou dispensa? Comente abaixo e participe!

Fonte: Melhores Destinos

Comentários Facebook