No estado de Massachusetts, brasileiro é preso por pornografia infantil

Um brasileiro residente em Whitman, Massachusetts, foi preso no dia 30 de julho sob a acusação de posse e distribuição de pornografia infantil. De acordo com as informações, Walace Lima, 40 anos, após uma primeira aparição perante o juiz do Tribunal Distrital dos Estados Unidos, Donald L. Cabell acabou preso enquanto aguardava a audiência.

Os documentos judiciais afirmam que Lima possuía pornografia infantil no dia 16 de dezembro de 2020 e distribuiu o material em várias datas, entre 5 de outubro e 24 de novembro do mesmo ano.

A acusação de porte de pornografia infantil prevê pena de até 20 anos de prisão e se sentenciado ele será vigiado para não reincidir a vida inteira, além de multa no valor de US$ 250.000. As sentenças são impostas por um juiz do tribunal distrital federal com base nas Diretrizes de Sentenciamento dos Estados Unidos.

O procurador em exercício dos Estados Unidos, Nathaniel R. Mendell, e Joseph R. Bonavolonta, Agente Especial Encarregado do FBI, Divisão de Boston, deram a informação. O Procurador-assistente David G. Tobin, da Unidade de Crimes Graves, está processando o caso.

O caso foi apresentado como parte do Project Safe Childhood, criado em 2006 pelo Departamento de Justiça como uma iniciativa nacional destinada a proteger as crianças da exploração e do abuso. Para obter mais informações sobre o Project Safe Childhood, acesse o site www.projectsafechildhood.gov/. Os detalhes contidos na denúncia criminal são alegações e o brasileiro, como todos os acusados, é inocente, a menos que seja provada sua culpa perante um tribunal.

Fonte: Brazilian Press

Comentários Facebook

Post Author: FN