Miami coloca policiais em alerta para vigiar o uso de máscaras pela população

Miami está aumentando a vigilância e repressão quanto ao uso de máscaras pela população. Uma equipe de 39 policiais está dedicada exclusivamente a vigiar as violações. O uso de máscaras em meio à pandemia da COVID-19 é uma das formas mais eficazes de evitar a transmissão do vírus, segundo as autoridades de saúde. 

O prefeito de Miami, Francis Suarez, anunciou o esforço intensificado de fiscalização nesta terça-feira, 21,- uma das muitas maneiras pelas quais os governos locais do sul da Flórida estão tentando conter a propagação do vírus enquanto evitam emitir novas ordens de permanência em casa.

A decisão foi tomada cinco dias depois que os comissários de Miami-Dade aprovaram uma lei dando a todos os inspetores e bombeiros o poder de emitir multas de até US $ 100 para indivíduos e US $ 500 para empresas, aumentando o número de funcionários – além de polícia – quem pode aplicar as regras. Muitas pessoas estão ignorando as regras, então agora cabe ao governo local aplicá-las, continua o raciocínio.

Broward e Palm Beach

No Condado de Broward, o uso também é obrigatório em locais públicos e onde o distanciamento social é mais difícil. A violação pode resultar em multas e ações civis e criminais, de acordo com as autoridades locais.

“A aplicação civil de uma violação pode incluir multas de US $ 1.000 por dia por violação, exceto onde a violação é conhecida e irreparável / irreversível, caso em que a aplicação civil pode incluir multas de até US $ 15.000 por violação”, lê o documento. “A aplicação criminal de uma violação como contravenção de segundo grau pode incluir multas de até US $ 500 por dia, prisão de até 60 dias ou ambas.”

No Condado de Palm Beach, também há multas de até US $ 250 para as primeiras violações e até US $ 500 para cada violação adicional.

Orange County

O Condado de Orange ainda não vincula uma penalidade à sua ordem do uso de máscaras, enquanto analisam impor uma multa e / ou prisão para aqueles que não seguem a política de máscara obrigatória. 

Festas e reuniões 

Miami também está tentando proibir festas particulares de mais de 10 pessoas – uma ação já tomada pelo condado de Broward na semana passada. A ordem de emergência de Broward diz da mesma forma que reuniões privadas em propriedades residenciais, sejam elas internas ou externas, não podem ter mais de 10 pessoas. E aqueles apanhados nessas reuniões podem enfrentar sanções civis e criminais individuais.

A equipe de imposição da polícia de Miami também planeja vigiar os canais de mídia social para rastrear as festas planejadas.

Volta às aulas

Durante a entrevista coletiva desta terça-feira, Suarez também disse estar preocupado que a abertura de escolas em Miami no próximo mês levasse a outra onda de novos casos de coronavírus, dado o grande número de estudantes e professores que se uniriam às aulas. As declarações do prefeito vieram um dia depois que os professores da Flórida processaram o estado, argumentando que uma ordem do governador de reabrir os prédios das escolas arriscaria a saúde e a segurança de crianças, famílias e funcionários da escola.

Além disso, Suarez anunciou que Miami encerraria os acampamentos de verão nesta semana, depois que quatro pessoas deram positivo para a COVID-19.

O uso de máscaras tem sido objeto de discussão e até multas em diversas partes do mundo. Com informações do Sun Sentinel. 

 

Related Images:

[See image gallery at gazetanews.com]

O post Miami coloca policiais em alerta para vigiar o uso de máscaras pela população apareceu primeiro em Gazeta News: O maior Jornal Brasileiro da Florida, nos EUA.

Fonte: Gazeta News

Comentários Facebook