Mesmo sem sentir cansaço você pode estar esgotado

Na correria do dia a dia, na escassez do tempo, acabamos ignorando alguns sinais do nosso corpo. Às vezes nos sentimos cansados, mas colocamos a culpa na quantidade de coisas que fizemos e simplesmente buscamos dormir para descansar, mas o descanso não vem e no outro dia é tudo de novo. Com isso vamos ficando esgotados sem perceber. Se você tem se sentido mal nos últimos tempos, está na hora de encarar esse problema, buscando uma solução.
Vamos aos sinais que possam estar sendo apresentados pelo seu corpo para indicar que há algo errado:

FADIGA
A fadiga é algo diferente do cansaço normal. Podemos estar exaustos depois de alguns dias de festejar ou de trabalhar muito, mas esse tipo de exaustão pode ser resolvido com um par de noites de sono decente. Não é o caso da fadiga, pois você continua com a mesma sensação de cansaço.

INSÔNIA
A insônia também pode ser uma maneira horrível de dar um alerta que você está esgotado. Você está muito, muito cansado o tempo todo, e tudo o que você quer fazer é dormir, mas você não consegue. Por quê? Porque seus pensamentos estão correndo na velocidade máxima e você não pode desligá-los.

esgotadoDOENÇA OU SINTOMAS FÍSICOS
Se você tem palpitações cardíacas de ansiedade, episódios regulares de dores no estômago ou vômitos, tem uma dor de cabeça que não desaparece, dor nas articulações. O esgotamento emocional pode muitas vezes se manifestar fisicamente.

CHORANDO FACILMENTE
Quando estamos esgotados de forma emocional e mental, o estresse no dia-a-dia ou a raiva ficam muito evidente, então a menor coisa pode nos fazer cair em lágrimas.

DESAPEGO
Você não consegue sentir o bom ou ruim. Chegou ao ponto em que você literalmente não pode sentir as emoções que você normalmente sentiria quando você se depara numa situação ou assunto. Isso é como uma depressão, apenas em vez de se sentir pesado pela emoção, você é pesado pela ausência dele.

O post Mesmo sem sentir cansaço você pode estar esgotado apareceu primeiro em .

Fonte: Gazeta News

Comentários Facebook