O sono é um bem precioso e um fator determinante para o nosso bem-estar, saúde física e mental. Noites mal dormidas podem prejudicar e muito o sistema imunológico, uma espécie de ‘escudo’ que protege o nosso organismo de agressões. 

É durante o sono que o organismo realiza funções essenciais como descansar, fortalecer o sistema imunológico, segregar o hormônio do crescimento e consolidar a memória.

A curto prazo, a falta de sono pode provocar sonolência, irritabilidade ou labilidade do humor, humor depressivo ou ansioso, dificuldades de atenção, concentração e memória. Já a longo prazo, as perturbações do sono, quer seja a privação crônica de sono, a insônia, a apneia obstrutiva do sono ou as pernas inquietas, aumentam o risco de doenças metabólicas, como a obesidade e a diabetes, e cardiovasculares, incluindo hipertensão arterial, pressão alta, infarte e acidente vascular cerebral.