Juíza e oficial de justiça de Massachusetts são acusados de impedir prisão de imigrante pelo ICE

Uma juíza e um oficial de Justiça do estado de Massachusetts estão sendo acusados de conspiração por terem impedido a prisão de um imigrante indocumentado pelo U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE).

Em comunicado, o ICE diz que o caso aconteceu logo após uma audiência realizada em abril do ano passado na cidade de Newton. A juíza Shelley M. Richmond Joseph, 51 anos, e o oficial de Justiça que atuava na época como seu assistente, Wesley MacGregor, 56, de Watertown, teriam ajudado o imigrante a escapar dos oficiais de imigração pela porta dos fundos do tribunal.

De acordo com documentos judiciais, em 30 de março de 2018, a polícia de Newton prendeu e acusou o imigrante sob a Lei Geral de Massachusetts de ser um fugitivo da justiça e por posse de drogas. Investigações posteriores revelaram que o réu havia sido deportado dos Estados Unidos duas vezes – em 2003 e 2007, e que uma ordem federal havia sido emitida proibindo o réu de entrar nos EUA até 2027.

Operação do ICE contra imigração ilegal prende mais de 280 em empresa do Texas

No dia 2 de abril de 2018, um oficial do ICE à paisana foi enviado para o tribunal para executar o mandado e assumir a custódia do réu após a audiência. No entanto, a juíza teria pedido ao oficial para aguardar do lado de fora da sala. Em determinado momento, ela o oficial de justiça autorizam a saída do réu pela porta de trás do tribunal

O caso veio à tona devido a um áudio gravado na Corte em que mostra um corte de 52 segundos no áudio entre a juíza e o advogado do imigrante. Ela teria pedido para “parar de gravar por um instante”. Eles então teriam autorizado a saída do réu pela porta de trás.

A juíza e o oficial de justiça foram indiciados por conspiração para obstruir a justiça e duas acusações de obstrução da justiça e podem pegar no máximo 20 anos de prisão, além de $250 mil de multa. MacGregor também foi acusado de perjúrio, por mentir ao tribunal que não sabia sobre a presença do oficial do ICE.

“(…) Qualquer conduta que rompe a confiança dos cidadãos desta comunidade naqueles que ocupam posições de poder e autoridade é uma mancha sobre todos os que fazem um juramento para proteger e servir, com honra e integridade “, disse Peter C. Fitzhugh, Agente Responsável pelo Homeland Security Investigations (HSI), de Boston.

Leia também

Ex-oficial do ICE é condenado por aceitar propina e sexo em troca de documentos de imigração

O post Juíza e oficial de justiça de Massachusetts são acusados de impedir prisão de imigrante pelo ICE apareceu primeiro em .

Fonte: Gazeta News

Comentários Facebook