Você passaria num teste de ignorância?

Direito de imagemGetty ImagesImage caption Respondendo aleatoriamente, chimpanzés acertaram mais que especialistas no Fórum de Davos Há coisas que nós sabemos que sabemos, outras que sabemos que não sabemos e outras que acreditamos saber, mas provavelmente não sabemos.

Fazer com que possamos identificar nossas lacunas de conhecimento e corrigi-las foi uma das missões que o médico, acadêmico e estatístico sueco Hans Rosling deu a si mesmo. Rosling, que faleceu no último mês de fevereiro, ficou famoso como o “profeta da demografia”.
Por intermédio de sua organização – a Fundação Gapminder, que promove o desenvolvimento sustentável -, ele usou estatísticas simples para combater o que chamou de “devastadora ignorância” e os mitos que existem em todo o mundo sobre a evolução populacional e o desenvolvimento global.

Trump mantém relação distante com Temer após 100 dias de governoA droga barata que pode evitar um terço das mortes de mulheres após o partoMas uma das ferramentas mais eficientes que ele criou foi o “Teste de ignorância” – que consiste em poucas perguntas sobre temas de que ouvimos falar frequentemente, mas sobre os quais, na maioria das vezes, temos informações defasadas.

Fonte: BBC

Comentários Facebook

FN

Deixe uma Opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *