Andrea Papi, de 26 anos, foi morto esta quarta-feira, por um urso, enquanto corria na região montanhosa perto da aldeia de Caldes, na região de Trentino, na Itália.

O alerta foi dado pela família quando o jovem não voltou para casa.

O corpo foi encontrado já de noite, com ferimentos profundos no pescoço, braços e tórax.  A autópsia realizada na sexta-feira concluiu que tinha sido atacado por um urso.

À imprensa italiana, moradores da região contam que este gênero de ataques têm acontecido com frequência.

Houve ainda ataques a animais no mês passado, incluindo uma ovelha mutilada em 19 de março. “Tivemos que esperar que uma pessoa morresse para fazerem alguma coisa”, revelou um morador local. 

Após a morte do jovem, as autoridades monitoraram e mataram o urso, revelou o presidente da região de Trentino, Maurizio Fugatti, em declaração aos jornalistas, citadas pelos meios locais.

Leia Também: Piloto ucraniano exibe voo no interior de um caça de combate