ONU denuncia repressão sistemática de Mianmar para expulsar rohingyas

Professores, bem como líderes culturais, religiosos e comunitários, também foram alvos da recente campanha de repressão “com o desejo de menosprezar a história, a cultura e o conhecimento dos rohingyas”, continua o relatório.

Fonte: G1