Mensagem de texto não enviada é aceita como testamento na Austrália

Mensagem de texto foi usada como testamento Foto: HANNAH MCKAY / REUTERSUm tribunal na Austrália aceitou como testamentol oficial uma mensagem de texto não enviada salva no celular de um morto. O homem, de 55 anos, escreveu a mensagem de texto para o irmão, em que dava “tudo que tinha” para ele e para o sobrinho. A mensagem foi encontrada na pasta de rascunhos do telefone depois que ele se matou, no ano passado.
A Suprema Corte de Brisbane, na capital do estado australiano de Queensland, determinou que as palavras usadas na mensagem indicavam que o homem pretendia que o texto fosse considerado o seu testamento. Na mensagem, ele deu detalhes de como acessar a conta bancária e explicou onde havia escondido dinheiro em casa.
“Coloque minhas cinzas no jardim dos fundos. Há um pouco de dinheiro atrás da TV e um pouco no banco”, escreveu.
Segundo informações da rede de TV “ABC News”, a esposa do homem argumentou que a mensagem de texto não era válida como testamento porque nunca foi enviada.
Para um testamento ser válido em Queensland, onde o caso ocorreu, ele deve ser escrito e assinado por duas testemunhas. Mas a juíza Susan Brown disse que a escolha de texto da mensagem, que terminou com as palavras “meu testamento”, mostrava que o homem queria que ela fosse usada dessa forma.

Fonte: Extra Online

Comentários Facebook

FN

Deixe uma resNotíciaa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *