Mais um ferido em protesto morre na Venezuela; número de mortos sobe para 37

O jovem Miguel Medina, de 20 anos, morreu nesta sexta-feira (5) no estado de Zulia, na Venezuela, após ter sido baleado durante um protesto contra o governo do presidente Nicolás Maduro, informaram a imprensa local e líderes da oposição. Com isso, aumentou para 37 o número de mortes em manifestações no país em cerca de um mês.

Fonte: G1