Comissão pede que imprensa não divulgue documentos hackeados da campanha de Macron

A Comissão Nacional de Controle da Campanha Presidencial (CNCCEP) na França pediu, neste sábado (6), que os meios de comunicação não divulguem os documentos internos da campanha do candidato social liberal à presidência, Emmanuel Macron, que foram hackeados e publicados na internet.

Fonte: G1