Bangladesh construirá abrigo para refugiados rohingyas, diz secretário

16/09/201714h22O secretário para a Gestão de Desastres de Bangladesh disse neste sábado (16) que o país construirá cerca de 14 mil novos abrigos para receber os milhares de que fogem de Mianmar.
Aproximadamente 400 mil rohingyas chegaram a Bangladesh desde o final de agosto, segundo a ONU, fugindo de uma do Exército birmanês em resposta a de rebeldes da minoria muçulmana.
“O governo decidiu construir 14 mil abrigos para os 400 mil rohingyas”, disse o secretário Shah Kamal à agência de notícias France Presse. Segundo ele, a construção será feita em dez dias.
De acordo com Kamal, cada abrigo terá a capacidade para seis famílias e os acampamentos onde essas instalações serão construídas contarão com água e serviços médicos e sanitários.
Autoridades de Bangladesh afirmam que muitos dos rohingyas recém-chegados ao país vivem em situação precária e estão se alojando em escolas e em barracas improvisadas à beira de estradas.
Em Myanmar –país onde grande parte da população é budista– os rohingyas também enfrentam dificuldades e não têm acesso a hospitais, escolas e nem ao mercado de trabalho.
A crise com os rohingyas se intensificou em agosto, quando rebeldes do grupo Exército de Salvação Arakan Rohingya atacaram postos policiais em Mianmar.

Fonte: Folha de S.Paulo