Imigrante vítima de infarto em MA será sepultado no Brasil

Foto22 Adenilson Roberto Honorato Imigrante vítima de infarto em MA será sepultado no Brasil
Adenilson Roberto Honorato era natural de Resplendor (MG) e deixou a companheira nos EUA, além de filha e netas no Brasil (Foto: GoFundMe.com)

Adenilson Roberto Honorato, de 49 anos, passou mal quando chegou do trabalho e morreu a caminho do hospital em Massachusetts

Na noite de terça-feira (12), o garçom Adenílson Roberto Honorato, de 49 anos, natural de Resplendor (MG), morador na cidade de Peabody (MA), faleceu após sofrer um infarto agudo. Ele havia acabado de chegar à casa, depois do trabalho num restaurante em Clinton (MA), e passou mal quando colocava os latões de lixo na calçada. A companheira dele o encontrou desacordado na entrada de carros da garagem (driveway) e pediu a uma amiga que a ajudasse a leva-lo para cima. Essa amiga acionou a ambulância, mas o brasileiro faleceu a caminho do hospital, após sofrer duas paradas cardíacas, detalhou Lucimar Honorato, sobrinha do mineiro, à equipe de reportagem do BV.

Adenílson vivia nos EUA há 13 anos e era bastante popular na comunidade. Os amigos iniciaram uma campanha beneficente online, cujo objetivo é arrecadar verba para o traslado do corpo e sepultamento no Brasil. Ele deixou uma companheira em Massachusetts, além de 1 filha, 2 netas, vários irmãos e o pai de 103 anos em Minas Gerais. A mãe dele já é falecida e ele tem um irmão que reside em Brockton (MA).

Lucimar detalhou que o tio era diabético e já havia tido problemas cardíacos antes, mas atualmente cuidava da saúde. Adenilson estava agendado para ser submetido à cirurgia para tratamento de descolamento da retina de um olho, na terça-feira (26), em decorrência do diabetes. A cirurgia no outro olho seria em 6 de março. 

“O sonho dele era reaver novamente o pai”, relatou Lucimar. Ainda não está marcada a data do velório de Honorato em Massachusetts, antes do traslado ao Brasil para sepultamento na cidade natal dele.

. Campanha beneficente:

Na quarta-feira (13), Rodrigo Honorato, sobrinho de Adenílson, iniciou no website GoFundMe.com a campanha beneficente: https://www.gofundme.com/6vmz3ps; cujo objetivo é angariar US$ 12 mil para o traslado do corpo e sepultamento no Brasil. Até à tarde de segunda-feira (18), havia sido arrecadados US$ 6,070.

“Na tarde de terça-feira (2/12/19), o meu tio faleceu em decorrência de um ataque do coração. Eu criei essa conta no GoFundMe para arrecadar dinheiro para o funeral dele. Nós precisamos de US$ 12 mil, portanto, minha família e eu agradeceríamos muito a sua ajuda. O meu tio, Adenilson Roberto Honorato, tem uma filha que está atualmente no Brasil e não pode vir aqui porque não possui visto. Além disso, ela tem duas filhas que nunca conheceram o avô delas. O meu tio era um grande homem, sempre feliz e brincando. Ele sempre estava pronto para ajudar as pessoas. Qualquer contribuição é útil. O nosso objetivo é angariar dinheiro para enviar o corpo dele ao Brasil para o funeral. Novamente, nós agradecemos qualquer doação. Deus abençoe a todos. Rodrigo Honorato”, diz a mensagem no GoFundMe.com.

Vários internautas postaram mensagens de carinho, pesar e apoio à campanha na página do GoFundMe.com.

“Não sabemos quando podemos precisar um do outro. Somos feitos da mesma matéria indiferente de raça e cor. Somos todos filhos de um mesmo Deus aceitando ou não!. Vamos fazer nossa parte aqui com amor, paz, dignidade, fé e bondade pr que possamos ser recebido pelo braços do Pai Celeste”, postou Helena Mendes.

“Meus sinceros sentimentos a toda família; sentiremos muito e muito a falta desse brother”, postou Adalberto Batista.

“Vá com Deus meu amigo, descanse em paz!” Postou Emerson Costa.

“O caçula não era uma simples pessoa. Ele era simples, mas o coração enorme, (ele) era uma pessoa cheia de amigos e todos o amavam por ele sempre ter sido uma pessoa simples amável e querido por todos nos, Saudade, vamos contribuir,o pouco q você puder e já faz valer, Obrigada de coração a cada um que contribuir, quer seja com pouco, mas é de coração. Obrigada”, postou Andréia.

“Quero pedir a todos que nos ajude. (Eu) pensei que ele um dia ia voltar e me dar um abraço, hoje, a triste notícia, Meu tio te amo tanto, tão distante, Nos ajude, qualquer quantia será bem vinda!” Postou Adrinéia.

“Agradeço a todos que puderem ajudar a trazer meu tio até o Brasil, que Deus os pague”, postou Sinara.

“Agradeço de coração a cada pessoa que puder ajudar, cada centavo que doarem para trazer meu querido pai para o Brasil. Desde já agradeço a todos e que Deus os pague!” Postou Rhayza.

Fonte: Brazilian Voice

Comentários Facebook