Homem é preso acusado de vender ingressos falsos para a Universal

Homem é preso acusado de vender ingressos falsos para a UniversalUm homem foi preso, acusado de vender ingressos falsos para o Universal Orlando Resort.

Uma família disse que comprou os ingressos de Stephen Dionne, de 33 anos, e quando foi usá-los, descobriu que os ingressos não estavam ativados.

De acordo com a polícia, essa não foi a primeira vez que Dionne cometeu esse tipo de fraude. Investigadores disseram que o suspeito tem um histórico de vender ingressos para parques temáticos.

Dessa vez, ele foi preso porque um casal da Filadélfia montou uma armadilha.

De acordo com o boletim de ocorrência, um casal respondeu a um anuncio online relacionado a descontos da Grande Orlando. Eles combinaram de se encontrar com um homem chamado “Mike” em Disney Springs e pagaram mais de US$ 1.200 por nove ingressos para a Universal em agosto. No entanto, quando tentaram usar os ingressos, ficaram sabendo que não eram válidos.

Os ingressos só podem ser ativados no Publix, quando são comprados. Mas eles nunca foram ativados.

O casal da Filadélfia se vingou. Os investigadores disseram que eles marcaram um segundo encontro para comprar ingressos e avisaram policiais onde estariam.

Foi aí que Dionne, de Kissimmee, apareceu e foi preso. Ele é acusado de roubo e teve sua fiança estabelecida em US$13 mil.

O Condado de Osceola teve um caso semelhante contra Dionne, no qual ele supostamente vendeu falsos ingressos para o parque no Craigslist. Com informações de WESH.

Relacionada:

Família processa Universal Orlando por sinais de alerta apenas em inglês

O post Homem é preso acusado de vender ingressos falsos para a Universal apareceu primeiro em .

Fonte: Gazeta News

Comentários Facebook