Pep Guardiola não quer saber de favoritismo ao Manchester City na volta das oitavas de final da Liga dos Campeões. Crente que terá um jogo bastante complicado diante do RB Leipzig, nesta terça-feira, após 1 a 1 nas Alemanha, o treinador elogia o rival e pede muita atenção de seus comandados para uma “batalha” no Ittihad Stadium.

“Eles são agressivos na pressão. Temos que achar os espaços para usar a qualidade dos nossos jogadores. Acho que será um ótimo jogo. Eles são um time estável e sou um grande fã do que eles fazem”, afirmou Guardiola, prevendo enormes dificuldades mesmo atuando na Inglaterra.

“É um jogo eliminatório e talvez precisemos de mais. O jogo vai ditar o que faremos, mas amanhã vamos sofrer. Haverá momentos em que não seremos bons (nos 90 minutos0”, previu o treinador, sempre enfatizando as virtudes do oponente. “O Leipzig, depois do empate (da ida), mostrou que é uma equipe muito boa, assim como qualquer time da Inglaterra, o Napoli, o Milan, o Real Madrid… Eles têm muitas qualidades, muitos pontos fortes e teremos de impor o nosso jogo para tentar ganhar.”

Na visão de Guardiola, o Manchester City terá de “ajustar algumas coisas” em relação ao duelo de ida e terá de “jogar um pouco melhor”, para evitar uma queda precoce na competição da qual jamais foi campeão. “Liga dos Campeões é uma competição especial e temos de mostrar nosso nível em diferentes estádios.”

Guardiola afirmou que desde sua chegada no City é cobrado para conquistar a Liga dos Campeões. Ele diz que não concorda com essa pressão e com o julgamento de seu trabalho justamente pelo desempenho na competição. Mas disse entendeu as cobranças.

Para se dar bem diante de um rival perigoso, ele aposta na volta de Kevin De Bruyne no meio – poupado no Campeonato Inglês – e nos gols de Haaland. Nada, porém, de jogar o peso da vaga nas costas de um ou de outro. O belga, por exemplo, vem se recuperando de lesão.

“Não vou pressionar Kevin, mas sei da qualidade dele. Ele tem que voltar ao básico, pois tem uma capacidade incrível de marcar e passar. Faça as coisas simples e tudo virá.”