Sem marcar há seis jogos pelo Flamengo, Guerrero vive a sua maior seca de gols no ano

Guerrero passou em branco contra a Chape Foto: NELSON ALMEIDA / Nelson Almeida / AFPO Flamengo, definitivamente, não vive um bom momento na temporada. Já são quatro jogos sem vitória sob o comando do técnico Reinaldo Rueda (dois deles com Guerrero como titular). E um dos motivos para a má fase é justamente a falta de pontaria do peruano.
O atacante já não marca há seis partidas, quase dois meses, o seu maior jejum em 2017. O último gol dele pelo Fla foi contra o Santos, dia 26 de julho, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, na Vila Belmiro.
Apesar da seca, Guerrero segue como o artilheiro do Flamengo na temporada. Foram 19 gols marcados em 38 jogos. Ele, que foi o artilheiro do Campeonato Carioca, tem uma média de 0,5 gol por jogo. Como taticamente tem desempenhado um trabalho importante no time, atuando como um pivô, o jogador não tem sido muito questionado pelos torcedores.
Sobre o jejum, Guerrero já teve um pior no Flamengo. Em 2015, ano em que foi contratado pelo Rubro-negro junto ao Corinthians, chegou a ficar nove jogos sem marcar. Foram apenas quatro gols em 18 jogos disputados. Em 2016, ele, assim como em 2017, chegou a ficar seis partidas sem balançar a rede.

Fonte: Extra Online