De acordo com um alto funcionário da defesa dos Estados Unidos, as forças russas já dispararam mais de 950 mísseis desde o início da invasão da Ucrânia.

Tanto as forças russas como as forças ucranianas têm aproximadamente 90% do seu poder de combate “à sua disposição”, acrescentou o oficial.

Os EUA “continua a avaliar o progresso limitado ou nulo das forças terrestres russas na consecução de seus objetivos,”, disse o oficial, observando que as forças russas não avançaram para mais perto da capital, Kiev.

Os EUA estimam que as forças russas estão “ainda a cerca de 15-20 quilômetros a noroeste e cerca de 20-30 quilômetros a leste” de Kiev, disse o oficial.

Nas últimas 24h, a assistência de segurança dos EUA e de outras nações “continua” a chegar à Ucrânia. Os carregamentos que chegaram nas últimas 24h “incluíam armas”, acrescentou o oficial.

Estes comentários foram dados aos repórteres sobre o voo do Secretário da Defesa Lloyd Austin de Washington, DC, para Bruxelas. Austin está viajando para Bruxelas para participar da Conferência Ministerial da Defesa da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Fonte: CNN Brasil