Raquel Dodge troca procuradores da força-tarefa da Lava-Jato na PGR

Raquel Dodge toma posse na segunda-feira Foto: Ailton de Freitas / Agência O Globo

BRASÍLIA — A gestão da nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deu mais um passo no sentido de trocar a composição do grupo de trabalho da Operação Lava-Jato. A equipe de Raquel comunicou ontem a dois procuradores que eles não devem continuar na força-tarefa montada por Rodrigo Janot, cujo mandato à frente da Procuradoria-Geral da República (PGR) termina neste domingo. A posse de Raquel será nesta segunda-feira, às 8h.
O grupo montado por Janot foi formado por dez procuradores da República, que o auxiliaram nos inquéritos da Lava-Jato envolvendo políticos com foro privilegiado. A nova composição do grupo que vai auxiliar a procuradora-geral ainda não está fechada.
Num primeiro momento, sete integrantes do grupo na gestão de Janot haviam manifestado a Raquel a intenção de sair. Depois, numa reunião entre equipes de transição, houve um recuo e alguns deles manifestaram a intenção de ficar, pelo menos durante a transição entre as duas equipes. Raquel e Janot são de grupos opostos na PGR.
Há menos de um mês, Raquel anunciou mudanças na estrutura de Lava-Jato. Será criada uma nova secretaria, de Função Penal Originária no Supremo Tribunal Federal (STF), que vai abarcar o grupo de trabalho da operação.

Fonte: Extra Online