Polícia diz que viúva raptada em velório ajudou assassinos do marido; suspeito é identificado

A Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deicor), que apura o caso, acredita que Gerina ajudou inimigos do ex-companheiro a encontrá-lo, para que ele fosse executado. Esse mesmo grupo de criminosos teria sumido com ela, e o motivo é queima de arquivo, já que, mesmo colaborando, Gerina da Silva presenciou o homicídio.

Fonte: G1