Pescado segue trajetória de alta de preço na Grande Belém

No mês de setembro, a maioria do pescado pesquisado apresentou alta de preços, com destaque para o Mapará, com reajuste de 18,17%; seguido pela Sarda, com alta de 12,90 %; Pescada Branca, com alta de 9,17%; Tambaqui, com aumento de 6,44 %; Piramutaba, com reajuste de 5,79 % e Tainha, com alta de 5,43 %. Também no mês passado, várias espécies de pescado apresentaram recuos de preços, com destaque para Uritinga, com queda de 36%; Traira, com recuo de 23,27%; Curimatã, com queda de 14,46% e Pirapema, com queda de 9,20 %.

Fonte: G1

Comentários Facebook

FN

Deixe uma Opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *