Pela 1ª vez em uma década, Brasil terá inflação menor que América Latina

11/10/201702h00Pela primeira vez desde 2008, a inflação brasileira ficará abaixo da média dos preços da América Latina, segundo estimativa do FMI (Fundo Monetário Internacional).
O organismo prevê que os preços no Brasil subirão 3,6% neste ano, ante 4,2% da média dos países latino-americanos.
A inflação brasileira também deve ficar abaixo da média dos países emergentes (4,5%). A última vez que isso aconteceu foi em 2010, quando o índice de preços brasileiros chegou a 5,9%, e o dos emergentes foi a 6,5%.
No período de 2005 a 2010, os preços no Brasil ficaram constantemente abaixo dos registrados na média dos mercados emergentes. Desde então, porém, essa curva inverteu, e a inflação brasileira disparou, superando com larga folga a obtida pelas nações em desenvolvimento.
No seu ápice recente, em 2015, a inflação brasileira chegou a 10,7%, seis pontos percentuais mais do que nos emergentes.

Desde então, os preços no país vêm perdendo força, em parte por causa da recessão, que impede as empresas de repassar os preços para os consumidores, com medo de perder clientes.
Nos últimos meses, porém, o que tem pesado mais são os .

Fonte: Folha de S.Paulo