Pasta de amêndoa: o segredo de um doce que enlouquece os italianos

No Parque dos Templos, em Agrigento, na Sicília, além das oliveiras centenárias, as amendoeiras forneciam o alimento local que ganhou importância na dieta mediterrânea.
A amêndoa cresce gloriosamente naquele território, ainda que tenha sido trazida pelos fenícios.
saiba maisSicília, famosa pela dieta mediterrânea, tem mercados de 1,2 mil anosEquipe do Globo Repórter testemunha explosão de vulcão na SicíliaAlcaparra, vinho dos vulcões, azeite de oliva: sabores da dieta mediterrâneaItalianos redescobrem antigo grão de trigo, que produz pão mais saudávelRuínas de cidade que abrigou 200 mil pessoas são mistério em Agrigento
Chiara Agnello é a quinta geração no comando de uma plantação orgânica. A produtora esclarece que, para um siciliano, a amêndoa é primordial.  É usada em muitas receitas de massa e peixes, e também nos doces mais populares da Sicília.
“Cada santo de cada pequeno vilarejo tem um biscoito especial de amêndoa dedicado a ele, cada festa é uma ocasião, as docerias têm sempre doces aos domingos. Na Sicília, a pasta de amêndoas é preciosa e se chama pasta real”, diz Chiara.
A pasta de amêndoas se faz assim: ferver para tirar a pele, moer e juntar ao xarope de açúcar. Depois, vem a habilidade manual. E está pronto o doce que enlouquece os sicilianos e que é a base das frutas martoranas.

Fonte: G1