Obras não concluídas levam moradores do São Brás a fechar rodovia Everaldo Martins

De acordo com os moradores, após a morte de Tereza da Rocha Queiroz, de 58 anos, e Ryan Kaique Pereira Queiroz, de 8 anos, avó e neto, que foram atropelados por um ônibus no dia 6 de maio de 2015, a Secretaria de Transporte do Estado assumiu o compromisso de fazer abertura de acostamento, melhoramento da rodovia com sinalização, construção de abrigos para passageiros e retirada de placas que estão no meio do mato. Porém, os serviços estão parados há meses.

Fonte: G1

Comentários Facebook

FN

Deixe uma Opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *