O resgate de práticas antigas

Quem for a Portugal não deve estranhar nem achar que os produtores portugueses pararam no tempo

Fonte: Valor Econômico

Comentários Facebook

FN

Deixe uma Opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *