‘Não posso parar’, diz pai durante buscas por filho que sumiu no mar de Amaralina, em Salvador

Bastante emocionado, o pai do rapaz, Reginaldo dos Reis, acompanhou, junto com outros familiares, durante todo o dia os trabalhos do grupo de resgate, formado por seis guarda-vidas. “Eu não posso parar. É meu filho. É um pedaço de mim e da mãe que morreu e a gente não tem como trazer de volta”, disse.

Fonte: G1