Mulher de Nem, Danúbia Rangel vai e volta da prisão desde 2011; relembre histórico

Danúbia era procurada desde que foi condenada, em março de 2016, a 28 anos de prisão. Apesar de foragida, seguia atuando como “herdeira” no comando do tráfico na Rocinha, segundo os investigadores, até ser expulsa pela quadrilha de Rogério 157, antigo segurança e homem de confiança de Nem, em setembro (entenda a guerra de poder na Rocinha).

Fonte: G1

Comentários Facebook

FN

Deixe uma resNotíciaa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *