Longevidade premiada: Com mesmo técnico desde 2006, Uruguai faz sua melhor campanha nas Eliminatórias

Óscar Tabárez chegou a três Copas seguidas com o Uruguai Foto: PABLO PORCIUNCULA / STFÓscar Tabárez levou o Uruguai para sua terceira Copa do Mundo seguida depois da vitória de 4 a 2 sobre a Bolívia, nesta terça-feira, pelas Eliminatórias. Desde 2006 à frente da seleção celeste, o treinador teve a longevidade no cargo premiada: os uruguaios terminaram as Eliminatórias para a Copa da Rússia em segundo lugar, sua melhor colocação desde que a competição passou a ter o formato atual, de dez seleções jogando em turno e returno.
O treinador assumiu a seleção de seu país justamente depois de o Uruguai amargar mais um ano sem ir ao Mundial, em uma sequência de fracassos. Na tentativa de ir ao Mundial de 2006, foi eliminada na repescagem para a Austrália. Em 2002, havia ido à Copa, mas em 1994 e 1998, ficou fora.
Desde então ele colocou a Celeste Olímpica em todos as Copas do Mundo. Nas Eliminatórias deste ano, esteve sempre entre as equipes na zona de classificação e chegou à última rodada podendo até perder que iria mesmo assim ao Mundial. Não foi preciso tanto aperto e a vitória de 4 a 2 foi o “grand finale” para a boa campanha.

Fonte: Extra Online