Homem é baleado em ocupação do MTST em São Bernardo do Campo, diz movimento

Ainda de acordo com a nota, “o MCI defende a investigação dos fatos pela Polícia Civil, destacando que na manhã, deste próprio sábado, realizou uma manifestação pacífica, reunida por famílias e pessoas de bem, reivindicando segurança a todo o bairro e justiça por entender que a ocupação é irregular e não tem nenhuma cobertura das legislações vigentes. Todos os ocorridos, dentro do terreno invadido, são de responsabilidade do líder do MTST, Guilherme Boulos, que deve assumir o risco das pessoas que dentro daquele espaço.”

Fonte: G1