Companhia aérea de baixo custo Ryanair anuncia cancelamento de 40 a 50 voos por dia nas próximas semanas

Aeronave da companha Ryanair. Foto: Andreas Arnold / AFP Foto: ANDREAS ARNOLD / STR RIO – A companhia aérea irlandesa de baixo custo Ryanair anunciou que vai cancelar de 40 a 50 voos por dia nas próximas seis semanas em um esforço para adequar a escala de folgas e férias de seus funcionários. Os cancelamentos podem afetar até quase 300 mil passageiros (285 mil), que têm a opção de escolher voos alternativos ou receber o dinheiro de volta.
“Fizemos uma confusão na escala de planejamento de férias dos pilotos e agora estamos trabalhando duro para resolver isso”, disse, à BBC, Kenny Jacobs, que é da equipe de marketing da companhia aérea.
A empresa mudou o período para previsto para contabilizar as férias de funcionários — de abril de um ano até março do ano seguinte para o ano fechado do calendário (janeiro a dezembro). Com isso, teve que realocar férias de funcionários que só seriam tiradas em 2018.
Jacobs informou que foi enviado um email aos consumidores afetados pela mudança: “Recomendamos o cliente que confira o email usado para fazer a reserva da passagem aérea”, disse o executivo.
Apesar do temor de impacto, a Ryanair informou que menos de 2% dos voos serão cancelados e que a mudança ajudaria setor a alcançar seu recorde anual de pontualidade de 90%.

Fonte: Extra Online