Como carta de recomendação a condenado por pedofilia derrubou governo da Islândia

“Cidadãos comuns, eleitores, protestam duramente contra algum ato governamental e se revoltam. Na sequência, o governo cai. As manifestações de agora não foram de rua, mas o debate foi bastante acalorado e duro. Acompanhei esses debates tanto na sociedade como nas mídias sociais, e a situação atual me lembra o ano de 2009, apesar de as circunstâncias serem diferentes”, afirmou Baldur Thórhalsson, professor de ciência política da Universidade da Islândia, a uma emissora de rádio na manhã desta sexta-feira.

Fonte: G1