Coleção ‘Clássicos do Brasil’ ganha títulos sobre Monza e Fiat 147

A coleção , da editora Alaúde ganha dois novos títulos. Os livros contam a história e trazem informações e curiosidades sobre carros que marcaram a vida de muitos: o e o .
Primeiro veículo produzido pela Fiat Brasil na então recém-inaugurada fábrica de Betim, Minas Gerais, o Fiat 147 foi um dos lançamentos que mais chamou a atenção dos brasileiros.
O carro se destacava em qualquer lugar por onde passasse. Os autores Rogério de Simone e Rogério Ferraresi apontam que era comum que várias pessoas rodeassem um 147 estacionado na rua para admirar o veículo tão diferente.
O livro destaca as inovações tecnológicas do modelo, como vidro traseiro térmico, faróis com fachos reguláveis por botões, motor transversal e coluna de direção articulada.

O Monza deixou a linha de produção da fábrica da General Motors em São Caetano do Sul, em São Paulo, em abril de 1982. Equipado com motor 1.6 transversal e câmbio de quatro ou cinco marchas, o carro era do modelo hatch e tinha um ótimo espaço interno. Foi inspirado no Opel Ascona alemão
Rogério de Simone assina o livro junto com Fábio C.

Fonte: Folha de S.Paulo