Beth Carvalho diz que vai homenagear Almir Guineto em show

SC Rio de Janeiro (RJ) 14/05/2014 – 25 Premio Da Musica Brasileira no Teatro Municipal, no Centro. Apresentacao de Arlindo Cruz, Almir Guineto e Zeca Pagodinho. Foto : Leo Martins / Agencia O Globo Foto: Leo MartinsA morte do cantor e compositor Almir Guineto comoveu também Beth Carvalho. A sambista, que gravou três músicas do compositor “Coisinha do pai”, “Pedi ao céu” e “Tem nada não” (no disco No pagode, de 1979) pretende lembrar do amigo em seu próximo show, que será realizado em junho.
— Almir sabia tudo de samba. Assim que o conheci, no Cacique de Ramos, fiquei impressionada. Gravei logo três músicas dele, já fazendo sucesso com “Coisinha do pai”, “Pedi ao céu” e “Tem nada não” (no disco No pagode, de 1979). Com aquele jeitão dele, trabalhava muito, compunha muito. Quero homenageá-lo no meu próximo show, em 10 de junho.

O sambista morreu em decorrência de complicações trazidas por problemas renais crônicos e diabetes. Beth, admite ter ficado abalada com a partida do amigo:
— Muito triste essa notícia, logo no dia do meu aniversário. Cheguei a visitá-lo no hospital recentemente. Ele estava bem fraquinho, uma pena — lamentou ela, que não perdeu a oportunidade de elogiar o cantor: — Almir era um grande compositor, um grande poeta, um grande músico.

Fonte: Extra Online