Com a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, na noite desta quarta-feira (2), pela ida das oitavas de final da Copa Libertadores, no Mineirão, em Belo Horizonte, o Atlético-MG chegou a dez jogos sem vencer. A marca negativa não era ocorria no clube há 31 anos.

A última vitória do Atlético em 2023 foi em 6 de junho. Na ocasião, ainda comandado pelo técnico argentino Eduardo Coudet, o Galo venceu o Alianza Lima-PER por 1 a 0 no Estádio Alejandro Villanueva, em Lima, pela quinta rodada do Grupo G da Libertadores.

Desde então, foram cinco empates e cinco derrotas. Nos últimos nove jogos, Luiz Felipe Scolari foi o treinador após substituir Coudet no comando técnico do Atlético — a estreia foi em 16 de junho.

Marca negativa de 1992

Desde 1992 (há 31 anos), o Galo não fica dez partidas sem vitórias. Naquela ocasião, a sequência negativa foi iniciada sob comando de Jair Pereira, justamente contra o Palmeiras, e encerrada com vitória sobre o Cruzeiro, já com Vantuir Galdino como técnico.

O time tinha peças importantes, como o goleiro João Leite, o lateral-esquerdo Paulo Roberto Prestes, o meia Aílton e os atacantes Sérgio Araújo e Edu Lima.

Ano do título

Curiosamente, apesar da campanha ruim no Brasileirão de 1992, quando terminou na 13ª colocação, o Atlético conquistou naquela temporada o seu primeiro título internacional.

Comandado por Procópio Cardozo, o time venceu a Copa Conmebol sobre o Olímpia, do Paraguai.

Os 10 jogos sem vencer em 2023

  1. 1 x 1 Bragantino (com Coudet)
  2. 1 x 1 Fluminense (com Felipão)
  3. 2 x 1 Fortaleza (com Felipão)
  4. 1 x 1 Libertad (com Felipão)
  5. 2 x 2 América (com Felipão)
  6. 0 x 1 Corinthians (com Felipão)
  7. 0 x 0 Goiás (com Felipão)
  8. 1 x 0 Grêmio (com Felipão)
  9. 1 x 2 Flamengo (com Felipão)
  10. 0 x 1 Palmeiras (com Felipão)

Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

versão original

Fonte: CNN Brasil