Tenista é multado por gesto considerado racista e se desculpa

O tenista brasileiro Guilherme Clezar pediu desculpas por seu gesto em alusão aos olhos puxados dos asiáticos, na sexta-feira (15), durante partida da Copa Davis entre Brasil e Japão.

O jogador, de 24, negou qualquer intenção racista em seu gesto, realizado durante uma partida, na qual foi derrotado por Yuichi Sugita.

Na manhã deste sábado, a organização da Copa Davis se pronunciou e, após analisar as imagens, decidiu multar Clezar em aproximadamente R$ 4.665,00 por conduta antidesportiva.

Aparentemente, o gesto teria sido feito no momento em que o tenista criticou uma decisão do juiz de linha. O episódio foi registrado por uma emissora local.

Em mensagem postada no Facebook da Federação Brasileira de Tênis, Guilherme Clezar (244º no ranking) garantiu que “nunca” teve “a menor intenção de ser agressivo, ou racista, com o povo asiático”.

Clezar disse ainda que o gesto “não corresponde à atitude de respeito, emoção e solidariedade que o esporte deve representar para nós” e, por isso, “lamenta” o ocorrido, expressando suas “mais sinceras desculpas”.

(Com AFP e Gazeta Press)

Arquivado em:Esporte

Fonte: Veja.com