JBS paralisa 7 unidades em MS após bloqueio de R$ 730 milhões

A  JBS informou nesta quarta-feira que paralisou as atividades de compra e abate em suas sete unidades de carne bovina em Mato Grosso do Sul por tempo indeterminado, após a Justiça bloquear 730 milhões de reais devido a questões tributárias no estado.  Segundo a empresa, a interrupção nas fábricas de um dos maiores estados produtores de gado do Brasil ocorre devido a uma “insegurança jurídica”.

Veja também

EconomiaSacolinhas com publicidade não poderão mais ser cobradas em SP18 out 2017 – 11h10
EconomiaFiscais de 8 estados param após portaria sobre trabalho escravo18 out 2017 – 10h10

O problema está ligado a dois pedidos feitos por uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do estado, por supostos prejuízos fiscais causados pela companhia. A JBS entende que qualquer questão relacionada a ressarcimento de recursos por supostas irregularidades está coberto pelo acordo bilionário de leniência realizado pela holding do grupo, a J&F. Parte dos recursos bloqueados são detidos pela controladora.

As ações da empresa lideravam as baixas na bolsa de valores de São Paulo por volta das 11h20 desta quarta-feira, com queda de 2,18%. O Ibovespa registrava alta de 0,59%, aos 76.653 pontos, por volta do mesmo horário.

De acordo com a companhia, os colaboradores continuarão recebendo seus salários normalmente até que a companhia tenha uma definição sobre a questão em Mato Grosso do Sul. “A JBS esclarece que está empenhando seus melhores esforços para a manutenção da normalidade das suas operações e trabalha para proteger seus 15.000 colaboradores diretos e 60.000 indiretos em Mato Grosso do Sul”, disse a empresa em comunicado.

(Com Reuters)

Arquivado em:Economia

Fonte: Veja.com