Lucas Lima culpa viagem de 16 horas por dores musculares: ‘É até desumano’

O meia Lucas Lima deixou o gramado na metade do segundo tempo da partida entre Barcelona e Santos, no Equador, na noite desta quarta-feira, pela Copa Libertadores. O santista sentiu dores musculares na coxa esquerda e precisou sair do jogo mais cedo. Ao fim do empate por 1 a 1, em Guayaquil, ele reclamou do desgaste da viagem da delegação até o Equador.

Lucas Lima indicou falha na logística do clube para a viagem até o país vizinho. “Senti embolar meu músculo, infelizmente. Deve ser pela viagem, 16 horas. Temos que rever isso daí. É até desumano. Mas valeu pelo esforço de todo mundo”, disse o meia em entrevista ao canal Fox Sports, na saída do gramado.

O jogador revelou que as dores musculares podem ser somente uma fisgada. No entanto, evitou fazer qualquer projeção sobre a partida da volta, contra o Barcelona, na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro. “Não sei ainda. O fisioterapeuta acha que foi uma fisgada. Vamos ver o que é no exame”, comentou o meia.

Lucas Lima não é a única preocupação da comissão técnica santista. Copete também está no departamento médico – e nem entrou em campo nesta quarta – e o também atacante Bruno Henrique sentiu dores na panturrilha em Guayaquil. Bruno também deve ser submetido a exames no retorno ao Brasil. O Santos ainda não se manifestou sobre as dores apontadas pelos dois jogadores.

Fonte: ISTOÉ Independente