Líder do campeonato, Newgarden faz pole da prova final da Indy; Helinho sai em 4º

Com direito ao novo recorde da pista, Joseph Newgarden cravou a pole da etapa final da temporada da Fórmula Indy, em Sonoma, nos Estados Unidos, no treino de classificação encerrado na noite deste sábado. O piloto norte-americano da Penske, que lidera o campeonato e curiosamente largará da primeira posição pela primeira vez nesta temporada, se garantiu no topo do grid ao percorrer a sua melhor volta em 1min15s520 na pista californiana. A prova será realizada neste domingo e terá largada às 19h30 (horário de Brasília).

Newgarden liderou, por sinal, o quarteto de pilotos da Penske que assegurou lugar nas quatro primeiras posições do grid. Logo atrás do pole sairá o australiano Will Power, que ficou no segundo lugar ao marcar o tempo de 1min15s555, enquanto a terceira posição foi obtida pelo francês Simon Pagenaud, com 1min15s635. Já a quarta colocação foi alcançada pelo brasileiro Hélio Castroneves, com 1min15s803.

Líder do campeonato, Newgarden tem 560 pontos, sendo que outros três pilotos estão na briga direta pelo título. Um deles é justamente Helinho, que soma 538 e está em terceiro lugar na classificação geral. Já outro forte candidato ao posto de campeão da temporada é o neozelandês Scott Dixon, vice-líder pela Chip Ganassi, apenas três pontos atrás de Newgarden.

Dixon conquistou a sexta posição do grid no treino deste sábado ao fazer a sua melhor volta em 1min16s397. Ele também foi superado pelo japonês Takuma Sato, da Andretti, que cronometrou 1min16s220 e partirá da quinta posição.

Ao todo, são seis pilotos ainda com condições matemáticas de conquistar o título da Indy. Além de Newgarden, Dixon e Helinho, Pagenaud, Power e o norte-americano Alexander Rossi, da Andretti, são aspirantes ao caneco. O francês é o quarto colocado na classificação, com 526 pontos, enquanto o australiano tem 492 no quinto lugar e Rossi possui 476 na sexta posição. Entre eles, Rossi garantiu o oitavo posto do grid em Sonoma neste sábado.

KANAAN – Na sua prova de adeus à equipe Ganassi, da qual confirmou a sua saída na última sexta-feira, o brasileiro Tony Kanaan largará da 12ª posição. O piloto de 42 anos anunciou que a última etapa da Indy marcará a sua despedida da equipe que ele defendeu por quatro temporadas. Em 2017, aliás, o brasileiro completou 20 anos competindo na categoria norte-americana.

Fonte: ISTOÉ Independente